Ensino Médio Integrado

16 de março de 2010

Com o objetivo de elevar o nível dos resultados das escolas públicas do Ceará e capacitar mão-de-obra, o Governo do Estado criou um plano de assistência aos jovens estudantes que estão na última etapa da educação básica, o Ensino Médio Integrado. O projeto, iniciado em 2008, tem por finalidade vincular educação básica à educação profissional, dando assim oportunidade dos jovens complementarem seus estudos.

No período da manhã, o aluno se dedica a conclusão do Ensino Médio, já no período da
tarde, ele faz um curso técnico na própria escola, podendo escolher entre os cursos de Enfermagem, Segurança no Trabalho, Turismo ou Informática.

A previsão do Governo é de que até o fim de 2008, 25 escolas disponibilizem o Ensino Médio
Integrado. Sendo 6 delas em Fortaleza e as demais distribuídas entre os municípios de Sobral, Pacatuba, Pacajus, Itapipoca, Bela Cruz, Brejo Santo, Barbalha, Crato, Iguatu, Cedro, Jaguaribe, Tabuleiro do Norte, Santa Quitéria, Crateús, Tauá, Senador Pompeu,
Quixadá, Redenção e São Benedito. Em 2009 mais 25 escolas com Ensino Médio Integrado serão
inauguradas.

No projeto foram investidos um total de R$ 24 milhões, sendo R$13 milhões provenientes do Governo do Estado e R$ 11 milhões do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE)/MEC. Em 2008, 4.450 estudantes estão sendo beneficiados com a ação. Até 2010, esse
número deve chegar a 26.180 alunos, já que a cada ano, o Governo pretende dobrar o números de escolas oferecendo o Ensino Médio Integrado.

Escolas Beneficiadas (2008):

  • Esc. Est. de Educ. Profissional Paulo Petrola (Fortaleza)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Ícaro de Sousa Moreira (Fortaleza)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Mário Alencar (Fortaleza)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Joaquim Albano (Fortaleza)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Joaquim Nogueira (Fortaleza)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Paulo VI (Fortaleza)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Dom Walfrido Teixeira Vieira (Sobral)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Luiza de Teodoro (Pacatuba)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional José Maria Falcão (Pacajus)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Rita Aguiar Barbosa (Itapipoca)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Júlio França (Bela Cruz)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Balbina Viana Arrais (Brejo Santo)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Otília Correia Saraiva (Barbalha)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Gov. Virgílio Távora (Crato)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Amélia Figueiredo de Lavor (Iguatu)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Fca. de Albuquerque Moura (Cedro)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Poeta Sinó Pinheiro (Jaguaribe)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Avelino Magalhães (Tabuleiro do Norte)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Manuel Rufino (Santa Quitéria)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Manoel Mano (Crateús)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Monsenhor Odorico de Andrade (Tauá)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Senador Pompeu (Senador Pompeu)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional de Quixadá Maria Cavalcante Costa (Quixadá)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Adolfo Ferreira de Sousa (Redenção)
  • Esc. Est. de Educ. Profissional Isaías Gonçalves Damasceno (São Benedito)

Fonte: Secretaria de Educação (Seduc)