“Eu sou 12 por 8” é a nova campanha contra hipertensão

23 de abril de 2010

A Secretaria da Saúde do Estado inicia neste sábado, 24, Dia Nacional de Prevenção e Combate da Hipertensão Arterial, a campanha “Eu sou 12 por 8”, na Praça José de Alencar. Lá, das 8 horas às 12 horas, haverá medição de pressão arterial, avaliação de risco de diabetes, medição da circunferência abdominal, determinação do Índice de Massa Corporal, teste de glicemia capilar e ainda vacinação contra a influenza H1N1. Com distribuição de material, a população terá informações de como prevenir a hipertensão, que no Ceará acomete 935 mil pessoas com mais de 30 anos de idade. A mobilização na praça é organizada pelo Departamento de Hipertensão da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

A programação da campanha prossegue na segunda-feira, 26 de abril, das 8 horas às 12 horas, com prestação de serviços à população no Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão, unidade da Sesa, que fica na Avenida Silva Paulet, 2406, Aldeota. À tarde, das 14 horas às 18 horas, será realizada na Universidade de Fortaleza Nas regiões Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste, onde a campanha de vacinação contra a gripe comum para maiores de 60 anos terá seu início adiado, os idosos que tiverem doenças crônicas poderão optar por antecipar a vacinação contra influenza H1N1 já a partir de 24 de abril. Mas atenção: os idosos que fizerem esta opção terão de voltar aos postos de vacinação mais uma vez, para tomar a vacina da gripe comum, entre 8 e 21 de maio.

Aqueles que optarem por aguardar até 8 de maio poderão tomar as duas vacinas de uma única vez. O Ministério da Saúde, o CONASS e o CONASEMS reforçam que a mudança nas datas não prejudica a saúde dos idosos. Nos 17 estados dessas regiões, a nova etapa de vacinação dos idosos vai coincidir com a imunização dos adultos de 30 a 39 anos contra a influenza H1N1, com transmissão pela rede Telessaúde, a mesa redonda “Atualização no atendimento ao paciente com Hipertensão Arterial, dirigida a médicos e enfermeiros do Programa Saúde da Família, estudantes e professores de medicina.

Mais de 30 milhões de brasileiros são hipertensos e apenas 10% desse contingente têm a sua pressão efetivamente controlada. A metade dos pacientes com pressão elevada não sabe dessa condição. A hipertensão é o principal fator de desenvolvimento das doenças cardiovasculares, com destaque para o Acidente Vascular Cerebral (AVC) e o infarto do miocárdio, as duas maiores causas isoladas de mortes no País. Em 2008, as doenças cardiovasculares causaram 30% dos óbitos no Brasil, contra 15% provocados pelo câncer e 12,4% por causas externas.

No mundo, 7,6 milhões de pessoas morrem, a cada ano, devido à hipertensão. Cerca de 80% dessas mortes ocorrem em países em desenvolvimento, como o Brasil, sendo que mais da metade das vítimas têm entre 45 e 69 anos. Com foco na informação, mudanças de hábitos e adesão às recomendações médicas, a campanha “Eu sou 12 por 8” quer mostrar que o controle da pressão arterial melhora a qualidade e a expectativa de vida.

23.04.2010

 

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira (soliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220)