Centec lança programação de cursos, Banco de Oportunidades e Cadernos Tecnológicos

21 de Maio de 2010

A programação de 1.525 cursos tecnológicos de nível básico do Instituto Centec de maio a dezembro foi divulgada nesta sexta-feira (21) com a previsão de atender cerca de 30 mil em 38 municípios do Interior do Ceará. Todos os cursos são gratuitos. O evento foi realizado no auditório do Palácio Iracema com a presença do vice-governador Francisco Pinheiro, do secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, René Barreira, do presidente do Centec, Odorico Monteiro e de prefeitos de municípios do Interior.

 

Na ocasião, foi lançado o Banco de Oportunidades, um portal na Internet <www.centec.org.br> que será um local de encontro entre os alunos e egressos dos cursos dos Centros Vocacionais Tecnológicos (CVT), Centros Vocacionais Técnicos (CVTec), Núcleos de Informação Tecnológica (NIT) e Faculdades de Tecnologia Centec (Fatec). O evento teve ainda a assinatura de convênio do Centec com o superintendente do Etene-BNB, José Narciso Sobrinho, com o presidente da Fundação Demócrito Rocha, João Dummar Neto, com o lançamento de sete Cadernos Tecnológicos na versão impressa e digital para download gratuito.

 

“As ações têm que estar planejadas e articuladas”, disse Francisco Pinheiro, ao destacar a importância ter sido publicada a programação de cursos de educação inicial e continuada. Cada município tem agora o calendário de cursos com as especificações de conteúdo, datas e locais. “Com esta iniciativa o aluno vai poder se planejar”, observa Odorico Monteiro.

 

O prefeito de Beberibe, Odivar Facó, que representou a Associação de Prefeitos do Ceará (Aprece), disse que o Banco de Oportunidades veio preencher uma lacuna. Segundo ele, a retomada do desenvolvimento no Ceará cria oportunidades de trabalho que precisam ser aproveitadas com a capacitação dos nossos jovens.

 

O secretário René Barreira informou que já foi licitada a construção do Centro de Treinamento Técnico do Ceará (CTTC) que vai formar a mão de obra básica no Porto do Pecém para a siderúrgica e refinaria, um investimento de R$ 26 milhões. A obra recebeu R$ 14,7 milhões de emenda dos deputados Ariosto Holanda e Paulo Henrique Lustosa.

 

Odorico Monteiro disse que as pessoas hoje estão ávidas por capacitação, treinamento e concurso. “Precisávamos dar visibilidade à relação de todos os cursos para que os jovens possam se programar”, afirmou. Segundo ele, os cursos têm uma coerência interna com as demandas dos municípios, e foram definidos em comum acordo com as secretarias municipais e a sociedade civil organizada, associações comunitárias, Igrejas, Sindicatos e movimentos sociais. Muitos cursos são ministrados em municípios vizinhos à unidade do Centec e em distritos da zona rural.

 

21.05.2010

Assessoria de Imprensa do Centec

Flamínio Araripe (flaminio.a@gmail.com / 85 3066.7030)