Ceará terá o primeiro banco público de cordão umbilical do N e NE

7 de junho de 2010

O Ceará será o primeiro estado do Norte e Nordeste a ter um banco público de cordão umbilical. A unidade será inaugurada nesta terça-feira (8), às 17h40min, na sede do Hemoce,  pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pelo governador Cid Gomes. Esse banco faz parte do projeto da Rede BrasilCord, do Ministério da Saúde, que está formando em todo o Brasil um conjunto de bancos de sangue de cordão umbilical e placentário interligados para atender a demanda de transplantes de medula óssea.  Segundo o secretário da Saúde, Arruda Bastos, o banco tem capacidade de armazenar cerca de 3600 cordões, e pretendem coletar de 2 a 3 cordões por dia. “Já foram feitos convênios com três maternidades para a doação de cordões, a Maternidade Escola, o Hospital Nossa Sra. Da Conceição e o Hospital César Cals”, destaca o secretário. 

 

A agenda do presidente Lula no Ceará começa pela manhã desta terça-feira (8), quando às 11 horas, participa da solenidade em comemoração aos cinco anos do Programa Agroamigo, do Banco no Nordeste do Brasil (BNB),  O programa  é referência em micro-financiamentos e atende agricultores familiares com renda bruta anual de até R$ 6 mil. Na oportunidade, será assinado também a contratação de número 1 milhão. Até fim deste ano, os investimentos no Programa chegarão a R$ 1,3 bilhão.  Também estão previstas assinaturas de dois convênio entre o Banco e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e com a Petrobras para a produção de oleaginosas do Programa Biodiesel.

 

Às 15 horas, O presidente Lula e o governador Cid Gomes seguem para a aula inaugural do Pró-Jovem, no Ginásio Paulo Sarasate. O Programa  desenvolvido entre os Governos Federal e Estadual com o apoio das prefeituras municipais, com a finalidade de elevar o grau de escolaridade e qualificar profissionalmente jovens entre 18 e 29 anos, com 18 meses de duração e 2000 h/a. Em todo o Estado, são 40 municípios beneficiados com Programa. Os investimentos ultrapassam os R$ 50 milhões. De acordo com o coordenador de políticas para a juventude do Ceará, Ismênio Bezerra, o Ceará foi o Estado que recebeu a melhor nota na execução do Programa do País. 

 

07.06.10

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3101.6247)