CNH Popular: Moradores dos bairros Jangurussu e Conjunto Palmeira têm validação

21 de junho de 2010

A validação da Carteira de Motorista Popular dos moradores dos bairros Jangurussu e Conjunto Palmeiras (os primeiros da Secretaria Executiva Regional VI) será feita a partir desta terça-feira (22) até sexta-feira (25), das 8 horas às 20 horas. O atendimento ocorrerá na Praça do Conjunto Palmeiras (próximo à Escola Maria Isolda), na Avenida Valparaíso, s/n, onde ficará estacionada a unidade móvel do DETRAN-CE.

 

Mantido pelo Governo do Estado, o Programa carteira de Motorista Popular concede, de graça, a primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH), categoria A (motociclista) à população de baixa renda. Nessa primeira fase, Foi iniciado em 2009, beneficiando 25 mil moradores de mais de 70 municípios cearenses. Neste ano, a meta é beneficiar 42 mil pessoas, inclusive dos 15 municípios integrantes da Região Metropolitana de Fortaleza.

 

Na capital cearense já foram validadas as inscrições dos moradores dos bairros da Regional V e I  concluído semana passada. No próximo sábado, dia 26, prosseguirá os exames médicos e a captura de imagem dos selecionados da Regional I. Os moradores são convocados por bairros onde moram. A cada semana, serão atendidos três ou quatro bairros. O processo de atendimento de cada Regional dura um mês.

 

A validação consta da entrega de originais e cópias da identidade, CPF e comprovante de residência. Além disso, os candidatos devem comprovar que integram a população de baixa renda, conforme os quatro critérios para o cadastramento feito apenas pela Internet (www.detran.ce.gov.br) no Programa Carteira de Motorista Popular. Ainda podem se inscrever os moradores das Regionais II,III e IV.

 

A comprovação é para apenas um dos seguintes critérios: ou ser beneficiário do programa Bolsa Família (pode ser o comprovante da Caixa Econômica do mais recente benefício); ou ter estudado há 12 meses ou estar estudando há seis meses na escola pública – nível fundamental, médio ou profissionalizante; ou ser egresso do sistema penal; ou ser portador de necessidade de especial, em condições de pilotar uma moto.

 

Assessoria de Imprensa do Detran-CE
Paulo Ernesto Serpa (pauloernesto@detran.ce.gov.br/ 3101.5813)