ESP promove curso de LER/DORT para profissionais do SUS

3 de agosto de 2010

A Escola de Saúde Pública do Ceará, por meio da Coordenadoria de Pós Graduação em Atenção à Saúde, em parceria com o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST-CE), realiza de 4 a 6 de agosto, a terceira edição do Curso de Capacitação em Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT). Voltado para profissionais do SUS, o treinamento acontece na sede do CEREST-CE, na Avenida Imperador, no Centro.

 

A solenidade de abertura do curso, às 14 horas desta quarta-feira, dia 4, contará com as presenças do superintendente da ESP-CE, Haroldo Jorge Pontes, da coordenadora do CEREST, Fátima Duarte, da gestora da Coordenadoria de Pós-Graduação em Atenção a Saúde da ESP-CE, Isabel Cavalcanti Carlos, do coordenador do curso, José Soares Filho, e da professora da primeiro unidade, Mirian Silvestre.

 

O objetivo do curso é capacitar profissionais de saúde para atuar na Atenção Integral à Saúde do Trabalhador portador de LER/DORT, por meio de práticas de diagnóstico, tratamento, promoção, proteção e reabilitação da saúde, de forma integrada com as demais instâncias do Sistema Único de Saúde (SUS). O curso é dividido em três unidades. A primeira, que acontecerá de 4 a 6 de agosto, aborda o diagnóstico, tratamento e reabilitação do trabalhador. A segunda, que acontecerá de 18 a 20 de agosto, terá como foco a Ergonomia, normas e aspectos legais relacionados às LER/DORT. A terceira, a ser realizada de 1 a 3 de setembro, enfocará a estratégia de implantação da Rede Sentinela em Saúde do Trabalhador no Ceará.

 

O curso articula atividades presenciais que serão complementadas por trabalho de campo. Na sessão presencial, serão utilizadas estratégias metodológicas, exposições dialogadas, vídeos, estudos de casos, exercícios em grupo direcionados para a solução de problemas, voltados para a prática diária, capaz de promover o trabalho coletivo e favorecer o espírito de equipe e a troca de experiências.

 

As LER/DORT são a segunda causa de afastamento do trabalhador no Brasil, segundo dados do INSS. Essas patologias atingem o trabalhador no auge de sua produtividade e experiência profissional, sendo que a maior incidência ocorre na faixa etária de 30 a 40 anos. As categorias profissionais que encabeçam as estatísticas são bancários, digitadores, operadores de linha de montagem, operadores de telemarketing, entre outros.

 

03.08.2010

 

Assessoria de Comunicação da ESP-CE

Marcos Saudade (ascom@esp.gov.br/ 85 3101.1412)