Movimentação no Pecém registra novos recordes

20 de agosto de 2010

O Pecém permanece como líder na movimentação de frutas e calçados em relação aos demais portos brasileiros.

 

No período de janeiro a julho do corrente ano o Porto do Pecém registrou aumento significativo na movimentação de carga, com 1.419.789 toneladas movimentadas, o que representa um acréscimo de 63% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

A movimentação de longo curso teve elevação de 65%, com mais de um milhão de toneladas transportadas, enquanto a cabotagem contribuiu com 358 mil toneladas e acréscimo de 58%. Já o movimento de contêineres, somando-se os dados da exportação e importação registrou variação positiva de 32%.

 

O destaque na movimentação de mercadorias ficou para os produtos siderúrgicos  com a movimentação de 448 mil toneladas e acréscimo de 146% em relação ao período janeiro/julho de 2009. Os plásticos também registraram índices altamente positivos, com o transporte de 2.482 toneladas na exportação e 18.180 na importação.

 

As exportações de alumínio cresceram 304%, gorduras e óleos animais e vegetais tiveram incremento de 134%, enquanto a de calçados teve variação positiva de 57%. No segmento das importações destacou-se, além dos produtos siderúrgicos, a movimentação de clínquer e escória, produtos para a indústria cimenteira, com 70.822 toneladas movimentadas.

 

No quesito frutas, apesar da redução de 16%, o Pecém permanece em primeiro lugar entre todos os portos brasileiros, com 86.498 toneladas, com destaque para a banana, melão, castanha de caju e manga.

 

A cabotagem também foi responsável pelo grande crescimento na movimentação de mercadorias através do Pecém. No item exportação por cabotagem os destaques ficam com sal, produtos da indústria da moagem e produtos siderúrgicos. Na importação os maiores volumes transportados foram os cereais, combustíveis minerais, produtos siderúrgicos, papel e painéis de madeira.

 

RANKING

 

Os dados revelados pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio confirmam que o Pecém permanece como líder na movimentação de frutas e calçados em relação aos demais portos brasileiros, ficando em segundo lugar na movimentação de algodão e em terceiro na movimentação de produtos siderúrgicos.

 

No período de janeiro a julho do corrente ano o Pecém teve participação de 26% em todo o Brasil na exportação de frutas, seguido pelos portos de Santos e Rio Grande, com 17 cada, Mucuripe com 12 e Itajaí e Natal com 10% cada um.

 

Na movimentação de calçados o Pecém também ficou em primeiro lugar com participação de 38%, seguido dos portos de Rio Grande, com 32, Santos, com 16 e Mucuripe com 5%.

 

A importação de produtos siderúrgicos registrou a liderança do porto de São Francisco do Sul, com participação de 21%, seguido pelos portos de Santos, com 19 e o Pecém com 17%, enquanto na movimentação de algodão o Pecém teve participação de 16%, perdendo apenas para o porto de Itajaí, com 41%, seguindo-se os portos de Santos, com 14 e Suape com 13%.

 

20.08.2010

 

Assessoria de Imprensa da CearáPortos

Joseoly Moreira (85 3267.1256 – joseoly@gmail.com)