Cagece realiza investimentos em Estações de Tratamento de Água

31 de agosto de 2010

O município de Potiretama, distante 275 km de Fortaleza, teve sua Estação de Tratamento de Água reformada. A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) fez melhorias na ETA do município com a construção de laboratório, casa de química, casa de bombas, reservatório apoiado, ativação de filtros e urbanização.

 

A reforma irá garantir que 4.230 habitantes da região possam receber água tratada em suas residências, além da melhora no desempenho operacional do sistema de abastecimento. Foram investidos na obra cerca de R$ 241 mil. Dando continuidade às ações de investimentos em suas ETAS, a Cagece concluiu a Estação de Tratamento de Água de Horizonte, que abastecerá também, pelo sistema integrado, os municípios de Pacajus e Chorozinho. Ao todo, cerca de 100 mil moradores desses três municípios serão beneficiados com mais segurança hídrica. O investimento foi de R$ 1,5 milhão.

 

Para atender a grande demanda na região gerada pelo aumento no número de indústrias e, principalmente, pelo rápido crescimento populacional, a Cagece precisou melhorar a adutora de água tratada em 1.390 metros de tubulação, além de reforçar a adutora de água bruta e o filtro ascendente. Com isso, houve a duplicação na capacidade de tratamento da estação. Com as obras, a ETA água passará de uma vazão de 490m³/h para 720m³/h. Com o objetivo de garantir o abastecimento em todos os setores hidráulicos da grande Fortaleza, a Cagece está construindo a Estação de Tratamento Oeste, localizada no município de Caucaia, que terá sua primeira etapa concluída em setembro de 2010.

 

A ETA Oeste terá, na primeira fase, uma vazão de 1,5 metro cúbico por segundo (m³/s), suficiente para atender cerca de 650 mil pessoas das regiões norte e oeste de Fortaleza. Na segunda etapa, o projeto prevê o aumento da vazão para 5 m3/s, um incremento de 50% na capacidade de produção da Região Metropolitana de Fortaleza.  Na primeira fase da obra, foram investidos quase R$ 30 milhões.
Posteriormente, a própria Cagece irá investir cerca de R$ 127 milhões na ampliação da estação de tratamento, entre março de 2011 e janeiro de 2013. No entanto, Fortaleza e RMF já contam com a ETA Gavião, que atualmente tem capacidade de tratamento de 10m³/s.

 

31.08.2010

 

Assessoria de Imprensa da Cagece:

Márcio Teles (marcio.teles@cagece.com.br – 85 3101.1828)