Governo recebe propostas para obras civis do Metrô de Sobral

19 de novembro de 2010

O Governo do Estado iniciou nesta sexta-feira (19) a abertura da licitação para as obras civis que servirão para a implantação do Metrô de Sobral, no Norte do Estado. Nesta fase do processo, cinco empresas entregaram na Procuradoria Geral do Estado (PGE) os documentos solicitados no edital e suas propostas comerciais. Participaram do certame os consórcios Aterpa-M.Martins, composto pela empresas Construtora Aterpa S/A e M.Martins Engenharia e Comércio S/A; Petra-Kaimbé, formado pelas empresas Petra Construtora Ltda e Construtora Nova Kaimbé; e as empresas Construtora Marquise S/A; Engexata Engenharia Ltda e Lotil Construções e Incorporações Ltda.

 

Essa primeira etapa da licitação corresponde à fase de habilitação, durante a qual serão analisados os documentos entregues. Somente os consórcios ou empresas que forem habilitadas terão suas propostas comerciais abertas, e posteriormente divulgadas. O valor referência da licitação é de R$ 43,5 milhões.

 

Metrô de Sobral


O Metrô de Sobral deverá ser instalado dentro do perímetro urbano do município e terá duas linhas principais: a primeira, chamada de Linha Sul, com extensão de sete quilômetros, vai ser de utilização mista, pois vai aproveitar a linha de cargas que já existe. A linha contorna o centro da cidade, ligando os bairros da Cohab 2, no extremo leste, ao bairro do Sumaré, no oeste. Serão ao todo sete estações. A segunda, chamada de Linha Norte, ligará o Polo industrial da Grendene, localizada à margem da avenida, onde existia o antigo ramal ferroviário de Camocim, no bairro da Expectativa, ao bairro Cohab 3, passando pelos bairros do Junco e Terrenos Novos. As duas linhas formam dois “us” invertidos, que se tangenciam numa estação de integração.

 

19.11.2010

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3101.6247)