Sesa mobiliza as três macrorregiões do Estado na caravana contra à dengue

6 de dezembro de 2010

Começa nesta terça-feira (07), a Caravana da Dengue no Ceará que tem três destinos. Primeiro a macrorregião de Fortaleza, com o Secretário da Saúde do Estado, Arruda Bastos, reunindo os secretários de saúde dos 44 municípios com risco alto e risco muito alto de epidemia no próximo ano. A reunião será das 14 horas às 17 horas, no auditório do Cesau, que fica na Sesa, Avenida Almirante Barroso, 600. O objetivo é bem definido: reforçar o controle integrado da dengue para reduzir ao máximo o risco de epidemia.

No dia 10, sexta-feira, a Caravana da Dengue vai para Sobral. Lá será vez de reunir os secretários de saúde dos municípios que integram a macrorregião Norte. No total, 24 municípios estão com risco alto e risco muito alto de epidemia 2011. A Caravana termina dia 17, em Juazeiro do Norte.  Arruda Bastos e técnicos da Sesa mostrarão aos gestores municipais de saúde o mapa da dengue na macrorregião e discutirão o reforço das ações de prevenção e controle do mosquito Aedes aegypti.           

Dos 184 municípios cearenses, 41 estão classificados com risco alto de epidemia no próximo ano e 45 com risco muito alto conforme a nova metodologia desenvolvida pelo Ministério da Saúde. Além do nível de incidência de casos da doença, da identificação do tipo de vírus circulante e do índice de infestação do mosquito Aedes aegypti em anos anteriores, o “Risco Dengue” leva em conta a cobertura de abastecimento regular de água e coleta de lixo e a densidade populacional dos municípios. Com a nova ferramenta “Risco Dengue” o Ministério reforça a necessidade de  envolver outros setores no combate à doença, como a educação, infraestrutura e órgãos ambientais (ver matéria).  Segundo a última Pesquisa Nacional por  Amostragem Domiciliar, feita em 2009, pelo IBGE, 10 milhões de domicílios no país não têm coleta regular de lixo e 8,1% dos domicílios no Brasil não contam com rede geral de água.  

“Queremos discutir com os gestores municipais tudo que pode ser feito para evitar epidemia semelhante aos picos vividos no Ceará em 1987, 1994, 2001 e 2008, anos que o número de casos da doença foi elevado e tivemos muitos óbitos”, afirma Arruda Bastos. Ele informa que em 57 municípios do Ceará o risco de epidemia é baixo e em 41 municípios o risco é moderado. “Vamos, sem descuidar desses em que a situação é mais tranquila, centrar as forças nos 86 municípios com riscos mais graves de epidemia”, destaca (veja abaixo nota técnica com a relação dos municípios por estratos de risco da dengue).

Este ano, o Ceará tem 11.633 casos confirmados de dengue em 119 municípios. Há 19 óbitos confirmados. Desse total, seis por dengue hemorrágica e 13 dengue com complicação.

 

Relação dos municípios por estrato de risco

 

Municípios
Estrato 1 – Risco Baixo

Municípios
Estrato 2 – Risco Moderado

Acaraú
Aiuaba
Alto Santo
Antonina do Norte
Aquiraz
Araripe
Aurora
Banabuiú
Bela Cruz
Cariré
Caririaçu
Cariús
Carnaubal
Cascavel
Catarina
Catunda
Choró
Croatá
Cruz
Deputado Irapuan Pinheiro
Ererê
Farias Brito
Fortim
Granjeiro
Groaíras
Guaraciaba do Norte
Guaramiranga
Hidrolândia
Ibiapina
Icó
Ipaumirim
Ipu
Iracema
Irauçuba
Itarema
Jaguaretama
Jaguaribe
Jaguaruana
Jati
Madalena
Milhã
Mulungu
Nova Russas
Pacujá
Palhano
Paramoti
Pedra Branca
Penaforte
Pires Ferreira
Poranga
Porteiras
Potiretama
Quixeré
Saboeiro
Senador Pompeu
Tejuçuoca
Trairi

Abaiara
Alcântaras
Ararendá
Aratuba
Assaré
Baixio
Barreira
Baturité
Frecheirinha
General Sampaio
Graça
Ipueiras
Juazeiro do Norte
Lavras da Mangabeira
Limoeiro do Norte
Maranguape
Mauriti
Meruoca
Milagres
Missão Velha
Mombaça
Morada Nova
Pacajus
Pacoti
Paraipaba
Quiterianópolis
Quixadá
Quixelô
Quixeramobim
Reriutaba
Santana do Acaraú
São Luís do Curu
Sobral
Tabuleiro do Norte
Tauá
Umari
Uruburetama
Uruoca
Varjota
Várzea Alegre
Viçosa do Ceará

 

Municípios
Estrato 3 – Risco Alto

Municípios
Estrato 4 – Risco Muito Alto

Acarapé
Altaneira
Amontada
Aracati
Barbalha
Barro
Barroquinha
Beberibe
Brejo Santo
Campos Sales
Caucaia
Cedro
Chaval
Coreaú
Eusébio
Forquilha
Ibaretama
Icapuí
Itaiçaba
Itaitinga
Itapiúna
Jaguaribara
Jardim
Jijoca de Jericoacoara
Jucás
Martinópole
Miraíma
Morrinhos
Nova Olinda
Ocara
Orós
Paracuru
Parambu
Pindoretama
Piquet Carneiro
Salitre
Santana do Cariri
São Gonçalo do Amarante
Senador Sá
Solonópole
Tamboril

Acopiara
Apuiarés
Aracoiaba
Arneiroz
Boa Viagem
Camocim
Canindé
Capistrano
Caridade
Chorozinho
Crateús
Crato
Fortaleza
Granja
Guaiúba
Horizonte
Ibicuitinga
Iguatu
Independência
Ipaporanga
Itapagé
Itapipoca
Itatira
Maracanaú
Marco
Massapê
Monsenhor Tabosa
Moraújo
Mucambo
Novo Oriente
Pacatuba
Palmácia
Pentecoste
Pereiro
Potengi
Redenção
Russas
Santa Quitéria
São Benedito
São João do Jaguaribe
Tarrafas
Tianguá
Tururu
Ubajara
Umirim

06.12.2010

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira (soliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220)