CEO regional de Acaraú tem Padrão Ouro em Esterilização

3 de fevereiro de 2011

Com apenas nove meses de funcionamento, o Centro de Especialidades Odontológicas Regional de Acaraú, unidade da Secretaria da Saúde do Estado, foi certificado pela 3M do Brasil como Padrão Ouro em Monitoramento do Processo de Esterilização. A certificação é baseada nos padrões internacionais e orientações estabelecidas pela Association for the Advancement of Medical Instrumentation e pela Sociedade Brasileira de Enfermagem de Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização tem, com o objetivo de reconhecer e disseminar as melhores práticas em monitoramento de esterilização. No Brasil, apenas 81 instituições possuem o título, sendo 15 no Nordeste, dentre elas o Hospital Geral de Fortaleza (HGF), unidade da Sesa, e o Instituto do Câncer do Ceará. O CEO Regional de Acaraú é o primeiro do país a conquistar essa certificação.

 

Com foco na qualidade dos serviços prestados, o CEO de Acaraú realiza esterilização segura e confiável dos instrumentais utilizados. Diariamente os equipamentos são submetidos a testes físicos, químicos e biológicos. Integradores Químicos são processados no Interior das bandejas e afixados aos prontuários dos pacientes, o que proporciona uma garantia de que o material utilizado no procedimento foi processado dentro dos padrões de controle de infecção e biossegurança.

 

 

“O CEO de Acaraú tem como prioridade a humanização e excelência no atendimento aos pacientes. A certificação é o reflexo da dedicação e empenho de todos os profissionais da equipe e mostra que é possível garantir a qualidade máxima nos serviços ofertados”, declarou o diretor geral Luiz Diego Loiola Ferreira. O Centro de Especialidades faz parte do Programa de Expansão e Melhoria da Assistência Especializada a Saúde do Estado do Ceará e atende aos municípios: Acaraú; Bela Cruz; Cruz; Itarema; Jijoca; Marco e Morrinhos.

 

O Ceará terá 18 CEOs regionais, incluindo as unidades já inauguradas a partir de 2009 nos municípios de Acaraú, Baturité, Juazeiro do Norte, Russas, Ubajara, Crato e Sobral. Os resultados já alcançados avalizam os consórcios intermunicipais de saúde responsáveis por essas unidades, modelo de gestão adotado pelo Governo do Estado para os 18 CEOs e as 21 policlínicas que serão entregues à população em todas as 21 microrregiões de saúde do Ceará.

 

03.02.2011

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira (85 3101.5220)