Especialista mundial em dengue realiza capacitação para assistência aos pacientes

11 de março de 2011

A Secretaria da Saúde do Estado realizará de 14 a 18 de março, segunda a sexta-feira, uma semana de atualização em dengue para o reforço da capacitação dos profissionais de saúde e da organização dos serviços de saúde para a assistência aos pacientes com dengue. A preparação dos profissionais para tratar os pacientes terá a participação do médico cubano Eric Martinez, assessor especial para dengue da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), um dos maiores especialistas do mundo em dengue. Através de sessões clínicas feitas em hospitais públicos e de discussões de casos clínicos, Eric Martinez vai deixar médicos, enfermeiros e bioquímicos mais preparados para o diagnóstico precoce e para tratamento de casos graves da doença.

 

A programação começa na segunda-feira, das 10 horas às 12 horas, no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), unidade da Secretaria da Saúde do Estado responsável pela confirmação das notificações e óbitos por dengue no Ceará. Na terça-feira, 15, às 8 horas, o médico cubano estará no Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS) e, às 14 horas, no hospital municipal Gonzaguinha do José Walter. O Hospital São José ocupa toda a programação de quarta-feira, das 10 horas às 16 horas. À noite, à partir das 19 horas, no auditório Waldir Arcoverde, da Sesa, Avenida Almirante Barroso, 600, serão capacitados os médicos do Programa Saúde da Família (PSF) de Fortaleza. Na quinta-feira pela manhã, a partir das 8h30min, Eric Martinez conduz teleconferência do Auditório Paulo Marcelo Rodrigues, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC), para todos os 99 pontos de Telessaúde espalhados em municípios cearenses. À tarde, às 14 horas, a reunião na Sesa será com os diretores clínicos dos 34 hospitais polo do Estado, hospitais privados e da Prefeitura de Fortaleza.

 

Durante a semana, o consultor da OPAS Haroldo Bezerra vai tratar da implantação da Sala de Situação da Dengue na Sesa e avaliar as medidas de controle do mosquito transmissor da doença, enquanto o técnico da Secretaria da Atenção à Saúde do Ministério da Saúde (SAS/MS) Renato Rocha Fonteles cuidará da organização do serviço de assistência. Na sexta-feira, todos eles participam de reunião de avaliação, na sede da Sesa, a partir das 8h30min.

 

11.03.2011

 

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira – 85 3101.5220