Ceará gera 2.605 novas vagas, em maio

20 de junho de 2011

Em maio de 2011, o Ceará foi responsável pela geração de 2.605 empregos celetistas. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta segunda-feira (20), pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Os setores de atividade que mais contribuíram para esta expansão foram serviços (2.499), construção civil (847) e o comércio (756 postos), cujos saldos mais que superam a queda de emprego verificada na indústria de transformação (-1.594).

 

Na série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, nos cinco primeiros meses de 2011, houve acréscimo de 15.761 postos. Ainda na série com ajustes, nos últimos 12 meses verificou-se crescimento de 7,15% no nível de emprego ou 70.306 postos de trabalho. “É importante lembrar que a geração de empregos com carteira assinada é aquela que oportuniza aos trabalhadores os direitos assegurados em lei,” destaca o presidente do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), De Assis Diniz.

 

20.06.2011

 

Assessoria de Comunicação do IDT:
Ana Clara Braga (85 3101.5500 / anaclara@idt.org.br)