Municípios do Cariri serão beneficiados com ações da Secretaria das Cidades

22 de junho de 2011

O governador Cid Gomes e o secretário das Cidades, Camilo Santana, assinam nesta sexta-feira (24), durante o governo itinerante, que será realizado no município do Crato, a ordem de serviço para construção do Centro Multifuncional de Juazeiro do Norte. O Centro receberá investimentos da ordem de R$ 10,4 milhões.  O Projeto traz uma estrutura anexa à Praça dos Romeiros, que irá receber equipamentos do Estado, da Prefeitura e do Governo Federal para atendimento à população, como sala de treinamento e autarquias. Além disso, haverá um anfiteatro com capacidade para 10 mil pessoas para missas e shows.

 

Ainda durante o evento será assinada a ordem de serviço para a reforma de quatro praças e de avenidas no Crato, num investimento de R$ 5 milhões. As praças Alexandre Arraes, Da Sé, Siqueira Campos e Juarez Távora receberão áreas de lazer, padronização e uma importante intervenção para facilitar a acessibilidade.

 

Durante a solenidade do “Governo em Minha Cidade”, no Crato, a Secretaria das Cidades entregará os sites e o contrato de aquisição de mobiliário para nove municípios – uma ação de apoio institucional às prefeituras, do Programa Cidades do Ceará I. Para os sites, o investimento foi de R$ 228 mil. Já o investimento em mobiliárior foi de R$ 77. As prefeituras beneficiadas foram Barbalha, Crato, Farias Brito, jardim, Juazeiro do Norte, Caririaçu, Missão Velha, Nova Olinda e Santana do Cariri.

 

Além disso, será assinada a autorização para a construção de fogões ecoeficientes em imóveis que possuem fogão à lenha. O equipamento possui uma chaminé, eliminando a fumaça do ambiente domiciliar. Isso contribui para a diminuição das doenças cardio-respiratórias.

 

De acordo com estudos do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Energias Renováveis (IDER), a instalação dos fogões ecoeficientes promove uma redução de cerca de 40% no consumo de lenha, de 28% nos casos de queimaduras e de 46% nos de doenças respiratórias. O projeto também ajuda na geração de renda nas comunidades envolvidas, pois os fogões são instalados por pedreiros dos próprios municípios. Além disso, antes da implantação dos fogões são realizadas reuniões comunitárias para discutir a importância de preservação do meio ambiente e a valorização da caatinga.

 

22.06.2011

Assessoria de Imprensa da Secretaria de Cidades

Giselle Dutra/Márcio Teles (marcio.telles@cidades.ce.gov.br / 85 3101.6244)