Pinacoteca do Ceará será apresentada ao Fórum Cearense das Artes Visuais

20 de julho de 2011

A Secretaria da Cultura do Ceará realiza nesta quinta-feira (21), às 19horas, a apresentação do projeto da Pinacoteca do Estado do Ceará ao Fórum Cearense das Artes Visuais e o Fórum Cearense da Fotografia. O evento acontecerá no auditório do  Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, equipamento cultural da Secult.

 

Conforme o secretário da Cultura, Professor Pinheiro, atualmente o acervo de três mil obras, incluindo o maior acervo de Antonio bandeira, pertencentes ao Estado, bem como obras que estão sendo adquiridas, estão acondicionadas na Reserva Técnica do Museu de Arte Contemporânea do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, que a rigor não dispõe de instalações capazes de abrigar tantas obras, mantendo-as em boas condições. “Este é um projeto que foi considerado pelo governador Cid  Gomes como uma verdadeira inovação para o nosso estado”, enfatizou.

 

De acordo com  o coordenador das Artes Visuais da Secretaria da Cultura do Ceará, e responsável pelo projeto, Carlos Macêdo, a Pinacoteca deverá ocupar os antigos armazéns de ferro da estação ferroviária, na antiga Praça da Estação, que já foram solicitados pelo Estado junto ao Patrimônio da União. “Este é um fator de desenvolvimento e fomento cultural, e  a Secult elaborou o projeto norteada pela linguagem universal das artes integradas e pelo conceito de uma política cultural sustentável.

 

A Pinacoteca será um equipamento público cultural que prevê a valorização e preservação do patrimônio artístico-cultural, fortalecendo a cadeia produtiva, preservando e administrando as obras de arte que pertencem ao Estado do Ceará, bem como a unidade de formação, restauro e museografia, promovendo também as artes visuais.

 

O projeto arquitetônico da Pinacoteca segue a lógica da sustentabilidade e da acessibilidade. Faz parte do projeto global, todos os itens relevantes que permitem o exercício pleno da cidadania cultural, como por exemplo, textos em braile, sinalização de solo e elevadores para cadeirantes.

 

Compreendendo que é necessário construir uma legitimidade da criação artística enquanto um bem público, reconhecendo a cultura com organismo vivo e integrante de um processo de construção coletiva, a Secult, enfrenta os desafios de desenhar um projeto que não seja mais uma unidade cultural sob as asas do Estado.

 

Saiba mais

 

A Pinacoteca do Ceará será um equipamento público cultural que terá como finalidade guardar adequadamente o acervo existente, bem como o que vier a ser adquirido, além de manter salas de exposições, permanentes e temporárias, para as artes visuais do Ceará. Um dos seus objetivos também será manter uma unidade de conservação e restauro bem como núcleos de formação nestas e em outras áreas pertinentes ao setor.

 

O projeto da Pinacoteca inclui ainda  salas de exposição permanentes, salas de exposição temporárias, auditório com no mínimo 180 lugares, salão para coquetéis de aberturas das exposições, unidades de formação, unidade de fotografia e novas mídias entre tantas outros. Tudo isso totalizará uma área de aproximadamente 15.000m² de espaço físico destinado as artes e a cultura.

 

“Nosso principal objetivo será expandir o percurso do turismo cultural no Estado do Ceará, promover a arte e os artistas deste Estado, além de gerar emprego e renda pela movimentação do mercado das artes locais”, declara o secretário.

 

20.07.2011

Assessoria de Imprensa da Scult

Sonara Capaverde (sonaracapaverde@gmail.com / 85 3101.6759)