A segunda edição do Saúde no Beco será nesta quarta-feira (28)

27 de setembro de 2011

A segunda edição do programa Saúde no Beco, uma iniciativa do Hospital Geral Dr. César Cals, unidade pertencente à Secretaria da Saúde do Estado, será realizada nesta quarta-feira (28) a partir de 8 horas. A ação leva aos comerciantes, trabalhadores e clientes do Centro Municipal de Pequenos Negócios, o antigo Beco da Poeira, ações de promoção e prevenção da saúde. Todos já estão avisados. Na última quarta-feira de cada mês, terão orientações e serviços que ajudam na prevenção de doenças e agravos.

 

O tema a ser apresentado e discutido dessa vez será a hipertensão e colesterol,  que assim como o diabetes é uma doença muito recorrente. A hipertensão está também ligada ao aumento do colesterol, ou seja, é um fator de risco para diversas doenças graves, como por exemplo arteriosclerose, acidente vascular cerebral, infarto agudo do miocárdio, entre outros.

 

O primeiro encontro do Saúde no Beco foi realizado no dia 31 de agosto. E desde então, uma vez por mês, profissionais do HGCC irão até o Beco da Poeira, para cuidar da saúde das pessoas que estiverem no local. Como na vez anterior, também serão realizados serviços de medição da pressão arterial para evitar e controlar a hipertensão e teste rápido de glicemia para prevenir diabetes. Os serviços serão realizados por uma equipe de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, nutricionistas, assistentes sociais, fisioterapeutas, técnicos de segurança do trabalho e educadores em saúde da Sesa ficarão à disposição para orientar e auxiliar nas dúvidas.

 

Aproveitando que a segunda edição do Saúde no Beco acontece na semana de mobilização para sensibilizar ainda mais sobre a doação de órgãos e tecidos, cujo tema é “Doar transforma. Doe órgãos e ajude a fazer do Ceará um Estado cada vez mais solidário”, também será distribuído material sobre a importância das doações, esclarecendo as principais dúvidas.

 

Doação

Para ser um doador no Brasil não é preciso deixar nada por escrito, em nenhum documento. Basta conversar com a família sobre o desejo de ser doador.

 

27.09.2011

 

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira (soliveira@saude.ce.gov.br | 85 3101.5220)