Cid Gomes destaca Ciência e Tecnologia como ferramenta para enfrentamento da crise

17 de outubro de 2011

O governador Cid Gomes destacou o papel da tecnologia e da inovação para o Brasil enfrentar os desafios e consolidar o Brasil no cenário mundial.  “O mundo vive uma grande crise, é um momento difícil, porém que favorece o nosso país. Pois cada vez os olhares se voltam para o nosso mercado. Precisamos cuidar do nosso mercado, formar pessoas, e agregar valor aos nosso produtos”, explicou. A declaração de Cid Gomes aconteceu nesta segunda-feira (17) durante a abertura da Semana Nacional da Ciência e Tecnologia, realizado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, no Centro de Negócios do Sebrae-CE. Na oportunidade, o Governador destacou a iniciativa do Sebrae em promover o evento, por considerar o desenvolvimento da Ciência e Tecnologia um dos maiores desafios que o Brasil tem atualmente.

O Governador também defendeu que a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia seja transformada na “Década da Ciência e Tecnologia” e que entidades e pessoas ligadas a área se unam em torno de um debate constante e nacional sobre o assunto. Essa ação deve acontecer com o principal objetivo de angariar recursos para aumentar o montante de investimento em inovação, que atualmente é de R$ 8 bilhões por ano. “A questão da inovação depende muito dos recursos. Uma sugestão é que a cada ano a taxa de juros no Brasil possa ser reduzida em 1%, até que se alcance uma taxa praticada no mercado mundial, e que essa economia seja repassada integralmente para o desenvolvimento da ciência e tecnologia no nosso país. R$ 150 bilhões é o volume de recursos que o Brasil paga por ano, com essa medida seriam R$ 15 bilhões incorporados à área. O Brasil vive um momento favorável, mesmo diante de uma crise mundial, e não pode deixar que essa oportunidade passe. Se a gente não pensar essa década, ficaremos mais uma vez no atraso”, destacou o Governador.    

Na ocasião, ele citou ações que vem sendo desenvolvidas pelo Governo do Estado, e que devem favorecer o fortalecimento dessa área no Ceará. “Com a criação do programa de Alfabetização na Idade Certa (PAIC) e especialmente a implantação das Escolas Profissionalizantes, que já somam 80 inauguradas e até o final de 2014 serão 60 escolas, estamos permitindo não só a formação dos nossos jovens, mais também a inovação dos currículos. Vale destacar também que o Ceará vem há anos procurando sediar dois grandes empreendimentos, que já estão se viabilizando, que é a Siderúrgica, quando instalada será a maior do país, e a Refinaria Premium II, com capacidade para produzir 300 mil barris de petróleo por dia.

Após a solenidade de abertura, o Governador visitou o showroom montado dentro do espaço, com 20 stands de empresas e instituições do Estado na área de inovação.  No showroom estão expostos produtos e equipamentos produzidos no próprio estado. A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia prossegue até terça-feira (18), dentro da programação acontece o seminário “Estratégia e Sustentabilidade”, com foco nas MPE. Além do economista Gustavo Loyola, que fez a primeira palestra da Semana, após a abertura do evento; o Seminário também terá palestra do ex-ministro Ciro Gomes; o vice-governador de São Paulo, Affif Domingos e o professor Eduardo Gianetti.  

A abertura do evento foi feita pelo presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-CE, João Porto Guimarães, e contou as presenças do vice-presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Jorge Parente; do Superintendente do Sebrae, Carlos Cruz e do Presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Roberto Cláudio.

17.10.2011

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)