Governador e ministro da Saúde inauguram UPA 24 horas em Maranguape

3 de novembro de 2011

A primeira Unidade de Pronto de Atendimento (UPA) do Estado será inaugurada nesta sexta-feira (4), em Maranguape, às 17h30min, pelo governador Cid Gomes; pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e pelo secretário Arruda Bastos. Essa UPA será a primeira de um total de 32 que serão implantadas no Ceará, sendo que 21 estão com obras em andamento. Para a construção da UPA de Maranguape (Avenida Almir Pinto, S/N –  Novo Maranguape II) , do tipo 2, foram investidos R$ 2.725.000,00 em recursos do Tesouro do Estado e do Ministério da Saúde. Em equipamentos, o investimento foi de R$ 1.204.313,20.

 

As Unidades de Pronto Atendimento oferecem serviço de raio X, laboratório para exames, aparelho de eletrocardiograma e atendimento pediátrico. Nas UPA, a população pode resolver problemas como pressão alta, febre, cortes, queimaduras, alguns traumas e receber o primeiro atendimento para infarto ou Acidente Vascular Cerebral (AVC), entre outras enfermidades. Quando o paciente chega à UPA, os médicos prestam socorro, controlam o problema e detalham o diagnóstico. Analisam se é necessário encaminhar o paciente a um hospital ou mantê-lo em observação por até 24 horas.

 

As UPAs são classificadas em três diferentes portes, de acordo com a população da região a ser coberta, a capacidade instalada – área física, número de leitos disponíveis, recursos humanos e a capacidade diária de realizar atendimentos médicos. As UPAs de porte I cobrem uma população de até 100 mil habitantes, contando com um pediatra e um clínico geral para realizar de 50 a 150 pacientes diariamente e equipada com 5 a 8 leitos. A cobertura das UPAs de porte II é de até 200 mil habitantes, com quatro médicos, 9 a 12 leitos e atendimento diário de até 300 pacientes. Nas de porte III, a cobertura é de até 300 mil habitantes, com 6 médicos, 13 a 20 leitos e até 450 atendimentos diários.

 

Com funcionamento integrado ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), as UPAs 24 horas vão ajudar a concretizar a rede de urgência e emergência do Estado, exercendo papel fundamental na redução das filas dos hospitais.

 

03.11.2011

 

Assessoria de Imprensa da Sesa

Selma Oliveira – 85 3101.5220

soliveira@saude.ce.gov.br