Sefaz e Ministério Público lançam Operação de Combate à Sonegação

9 de novembro de 2011

O Ministério Público do Estado do Ceará e o Governo do Estado, através da Secretaria da Fazenda (Sefaz), lançam no Ceará a Operação Nacional Contra a Sonegação Fiscal. A Operação consiste em uma grande mobilização nacional de combate à sonegação e envolve, em 22 Estados e no Distrito Federal, os Ministérios Públicos, as Secretarias de Fazenda e órgãos e instituições parceiras. As ações que serão implementadas pelo Ministério e Sefaz durante a Operação foram apresentadas nesta quarta-feira (09), pela procuradora Geral de Justiça, Socorro França, e o Secretário da Fazenda, Mauro Benevides Filho, no auditório da Procuradoria.

 

Durante a ação, a Sefaz atuará com 200 auditores fiscais na abordagem dos contribuintes em situação irregular perante o fisco estadual, através de blitz nos postos fiscais da Região Metropolitana (RMF) e de fronteira, com o início da utilização do scanner fixo no Posto Fiscal de Tianguá, na Serra da Ibiapaba. A Secretaria pretende ainda diligenciar os estabelecimentos comerciais averiguando a utilização de equipamento emissor de cupom fiscal (ECF) e a compatibilidade do regime de recolhimento com o porte da empresa.

Já o Ministério Público do Estado do Ceará, através do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e do Núcleo Especial de Combate à Sonegação Fiscal (NAESF), dará encaminhamento a 17 denúncias, visando iniciar ações penais contra 26 pessoas, ligadas a empresas dos mais variados ramos, atuantes em todo o Estado. Junto ao Poder Judiciário, o MPE terá que acompanhar 506 representações fiscais, totalizando R$ 183 milhões sonegados que poderão ser recolhidos aos cofres do Estado.

 

09.11.2011

Assessoria de Comunicação da Sefaz

Fernanda Teles (fernanda.teles@sefaz.ce.gov.br / 85 8891.2803)