Copa 2014: Ceará dá exemplo para o Brasil

11 de novembro de 2011

“Não me surpreende o Ceará liderar as obras do Estádios que servirão para a Copa do Mundo de 2014. Dos 12 Estádios, o Ceará é o que está com as obras mais avançadas. O Castelão será o maior Estádio do Norte e Nordeste. O que está sendo realizado no Ceará engrandece o Brasil”. Essa foi a avaliação que o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, fez durante a inauguração da primeira etapa de modernização do Plácido Aderaldo Castelo, o Castelão. A cerimônia de inauguração aconteceu nesta sexta-feira (11), e, conforme afirmou o governador Cid Gomes, esse foi o primeiro de outros  três momentos que devem acontecer até o final de 2012, quando o Governo do Estado entregará oficialmente o Castelão, que servirá de palco para a Copa das Confederações 2013 e a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™. O prédio que corresponde à primeira etapa da modernização é uma homenagem a Fares Cândido Lopes, ex-presidente da Federação Cearense de Futebol. O cantor e compositor Fagner, irmão do homenageado, representou a família.

Interna_Castelo_IXNa inauguração, Cid Gomes assegurou que o Governo dobrará os benefícios concedidos pela FIFA e CBF na aquisição dos ingressos, considerados sociais, para a Copa.  “Assumo o compromisso de que o que a FIFA determinar de gratuidade ou abatimento no valor dos ingressos para as pessoas de classes mais baixas, o Governo do Estado dobra a oferta”, anunciou Cid Gomes. Ele também aproveitou a presença de Aldo Rebelo, que pela primeira vez visita o Estado como Ministro, e fez uma explanação das obras que estão à cargo do Executivo Estadual, e também do Governo Federal, para realização da Copa do Mundo. “Esse evento se reveste em uma importância especial para o Ceará, mais até do que para outros Estados, pelo potencial turístico que temos. É também um momento para o país pensar nas soluções para seus problemas, como por exemplo questões relacionadas a mobilidade urbana”, avaliou Cid.

Interna_Castelo_ISegundo o Governador, com a duplicação do Aeroporto Internacional Pinto Martins o fluxo de passageiros passará  dos atuais 4,5 milhões de passageiros para cerca de 8,5 milhões por ano. “Isso vai nos dar um retorno muito maior”, destacou Cid. A reforma do Aeroporto está a cargo do Governo Federal, assim como a construção do Terminal de Passageiros do Porto do Mucuripe. “Com esse novo terminal vamos melhorar o potencial de uma vocação que já temos mesmo com pouca estrutura, que é o turismo de cruzeiros”, enfatizou o Governador. Já o Governo do Estado está responsável por implantar o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que ligará 22 bairros de Fortaleza entre o trajeto Parangaba-Mucuripe. “Não podemos ter uma visão de que os investimentos feitos só servem para os dias do evento. O legado que uma Copa do Mundo deixa benefícios para toda população”, destacou.

Interna_Castelo_IINa ocasião, Cid Gomes apresentou ao Ministro o pleito de realizar no Ceará, exatamente no Centro de Eventos do Ceará (CEC), que será inaugurado no primeiro semestre de 2012, o sorteio que vai definir as tabelas de jogos para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™. “Aumentarmos a capacidade de assentos do Estádio foi um fator decisivo para a escolha de Fortaleza como sede da Copa do Mundo e também da Copa das Confederações. Mas nós queremos mais, como por exemplo ter a oportunidade de realizar esse sorteio aqui no Ceará”, destacou Cid.

Já o secretário especial da Copa, Ferruccio Feitosa, lembrou dos investimentos que serão destinados para as obras quem envolvem o evento, especialmente para reforma, ampliação e modernização do Castelão. Ao todo, serão investidos R$ 518,6 milhões em toda a modernização da Arena Castelão, construção de uma praça no entorno do equipamento, estacionamento coberto para 1.900 veículos e edifício-sede de dois órgãos estaduais e a operação do estádio por oito anos, que foram inaugurados nesta sexta-feira (11). “Se compararmos todas obras em Estádios que estão sendo feitas nas doze sedes, o Ceará tem a obra mais barata por assento. Só na licitação o Estado fez uma economia de R$ 99 milhões”, ressaltou Ferruccio. “Além disso, o Governo do Estado está investindo em obras públicas na Região Metropolitana de Fortaleza mais de R$ 5 bilhões, que são obras que vão impactar na Copa do Mundo de 2014”, completou o Secretário.

Interna_Castelo_VIII

 

Detalhes do Castelão

 

A primeira etapa compreende Estacionamento e Praça de Acesso Norte e o Edifício-sede de dois órgãos do Governo do Estado – Secretaria do Esporte do Estado e do Departamento de Arquitetura e Engenharia.  A segunda Etapa de adequação do Castelão deve ser entregue em dezembro deste ano, segundo anunciou o Secretário. Ela compreende o Estacionamento e Praça de Acesso Sul, além de incluir ações como a construção da primeira bilheteria e de um trecho da via que dará acesso ao estacionamento da Arena Castelão.

Interna_Castelo_IVAs Etapas III e IV também estão em execução com 36,76% e 11,48% de execução, respectivamente. “Já estamos com 46,55% das obras concluídas. E queremos chegar ao final de novembro com 50% executadas, e em dezembro com 55%. Isso significa não só que somos o Estado com as obras mais adiantas, mas que já estamos com dois meses à frente do cronograma. E caminhando para entregarmos o Castelão no final de 2012”, finalizou Ferruccio Feitosa.

O campo de jogo foi rebaixado em quatro metros para proporcionar 100% de visibilidade a todos os torcedores em qualquer lugar da Arena, e a aproximação dos torcedores ao campo de jogo. Com a reforma, essa distância cairá de 40 metros para apenas 10 metros. Também serão realizadas mudanças nas cabines de imprensa, camarotes, vestiários, túneis de acesso ao campo, e nas cadeiras do estádio, que serão retráteis, entre outros pontos.

 

Interna_Castelo_VA coberta da Arena Castelão será montada com tecnologia inovadora que vai oferecer aos torcedores conforto e segurança, com 100% de cobertura. A estrutura terá um revestimento termoacústico que vai proporcionar uma sensação térmica mais agradável por suportar os índices de insolação do Nordeste brasileiro, não absorvendo calor e permitindo a circulação de ar dentro do estádio; e um isolamento acústico, o que melhora o acompanhamento dos jogos pela torcida e a transmissão dos jogos. A estrutura terá ainda uma área de 6 mil metros quadrados de policarbonato que vai evitar o sombreamento e o contraste nas transmissões televisivas. Além disso, serão construídos três restaurantes, mídia center, área de hospitalidade, lounge e área VIP. Todas as mudanças atendem às exigências do caderno de encargos da FIFA.

 

Participaram da solenidade o Presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Roberto Cláudio; o ex-governador e ex-senador Tasso Jereissati; os senadores Eunício Oliveira e Inácio Arruda; os secretários e dirigentes de órgãos estaduais, Adail Fontenele (Infraestrutura), Gony Arruda (Esporte), Quintino Vieira (DAE), Mauro Filho (Sefaz), Camilo Santana (Cidades), Nelson Martins (Desenvolvimento Agrário), Francisco Bezerra (SSPDS), Evandro Leitão (STDS); Bismarck Maia (Setur); Arruda Bastos (Saúde), Mariana Lobo (Sejus), Professor Pinheiro (Cultura) e Fernando Carvalho (Etice); o presidente do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE-CE), Valdomiro Távora; o presidente do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Manoel Veras; o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Valmir Campelo; os deputados estaduais Daniel Oliveira, Carlomano Marques, João Jaime, André Figueredo e Osmar Baquit; os deputados federais, Chico Lopes, Artur Bruno e João Ananias, o secretário municipal do Esporte, Evaldo Lima; a presidente da Aprece, Eliene Brasileiro; o presidente da União de Vereadores do Ceará (UVC), Deuzinho Filho, o presidente da Galvão Participações, Dario Galvão, empresa executora da obra;diretor técnico da CBF, Virgílio Elízio; Mauro Carmélio, presidente da FCF; o compositor Fausto Nilo, e a mãe do Governador, Maria José Ferreira Gomes.

 

11.11.2011

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)