Sistema de saneamento rural do Ceará é destacado pelo Banco Mundial

12 de dezembro de 2011

O Banco Mundial (Bird) destacou a experiência dos Sistemas Integrados de Saneamento Rural (Sisars), mantidos com suporte da Cagece, como modelo para futuras iniciativas em saneamento rural no Brasil. A conclusão integra uma pesquisa realizada pelo Banco no intuito de avaliar e documentar as experiências brasileiras com relação ao provimento de água potável no meio rural.

 

Os dados foram apresentados durante o seminário Desafios da Universalização do Saneamento: Atendimento Sustentável das Comunidades Isoladas, realizado pela ABES – SP, nos dias 21 e 22 de novembro. A pesquisa também visou identificar o que torna os modelos de saneamento rural exitosos e sustentáveis. Entre os parâmetros analisados, merece destaque a continuidade dos serviços, a qualidade da água oferecida, a sustentabilidade do modelo de gestão, a adoção de uma tarifa justa e participação da comunidade no processo de gestão. Outro diferencial do Sisar no Ceará foi ter sido o único modelo a apresentar superávit financeiro.

 

Também foram bem avaliadas a conservação dos ativos e a manutenção preventiva executada. Ainda segundo o relatório, o aporte da Cagece para capacitação técnica dos operadores também é um diferencial. O Sisar se destacou entre iniciativas de Minas Gerais, Paraná, Piauí, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Bahia. 

 

O que é o Sisar

O Sisar (Sistema Integrado de Saneamento Rural) é hoje uma experiência de sucesso em saneamento rural. Criado pela Cagece, em 1996, em parceria com o banco alemão KFW, o projeto é uma entidade privada sem fins lucrativos que gerencia sistemas de abastecimento de água em comunidades rurais juntamente com os moradores.

 

Hoje, existem oito unidades do Sisar no Ceará totalizando 626 localidades atendidas com sistema de abastecimento de água gerenciadas pelos próprios moradores, em 127 municípios. Os sistemas correspondem a 1.666.153 metros de rede e 84.796 ligações, beneficiando 328.161 pessoas.

 

12.12.2011

 

Assessoria de Imprensa da Cagece

Sabrina Lemos ( sabrina.lemos@cagece.com.br – 85 3101.1826/8878.8932)