Ceará ganha 1º lugar com a política de financiamento dos CEOs regionais

4 de junho de 2012

Foi com a classificação de 1º lugar dos trabalhos apresentados sobre o tema financiamento que o Ceará retornou do XXI Encontro Nacional de Administradores e Técnicos do Serviço Público Odontológico e do XII Congresso Brasileiro de Saúde Bucal que ocorreram, simultaneamente, em Belo Horizonte (MG), entre 28 e 30 de maio. A Secretaria da Saúde do Estado, através do Núcleo de Saúde Bucal, recebeu a premiação com o trabalho intitulado “Política Estadual de Saúde Bucal para Implantação e Cofinanciamento de CEOs regionais no Ceará”. Os autores foram Ivan Mendes Júnior, supervisor do Nuasb/ Copas, e mais cinco cirurgiãs dentistas do Núcleo – Izolda Custódio Nogueira, Maria Augusta Fontelles, Luciana pequeno, Heliete Lins e Adriana Ferreira de Menezes.

 

Cirurgiões dentistas, gestores e técnicos de vários Estados participantes do encontro e do congresso ficaram conhecendo a experiência de gestão pelos consórcios públicos de saúde desenvolvida nos Centros de Especialidades Odontológicas regionais, que foram construídos pelo Governo do Estado. A gestão consorcial, que integra governos estadual, municipais e federal no custeio compartilhado, amplia o acesso aos serviços de saúde especializados de odontologia e, consequentemente, proporciona o incremento do número de procedimentos odontológicos especializados. Com essa conclusão, o trabalho vencedor do Ceará mostrou esse aumento em números. O total de procedimentos pulou de 633.621 no ano de 2007 para 1.616.225 em 2011, conforme dados reconhecidos pelo Ministério da Saúde.

 

Com a gestão feita via consórcios públicos de saúde, em cada CEO regional o governo estadual participa com 40% do custeio. Já o custeio municipal é de 37,85%. O governo federal participa com 22,15% dos recursos. No total, foram 11 novos CEOs regionais já entregues à população pelo Governador Cid Gomes em Ubajara, Baturité, Acaraú, Russas, Crateús, Brejo Santo, Crato, Juazeiro do Norte, Sobral, Itapipoca e Limoeiro do Norte. Outros sete estão sendo concluídos para inaugurações. Nas novas unidades a população tem acesso a serviços de periodontia, ortodontia, prótese dentária, cirurgia bucomaxilofacial. Em todas, o atendimento a pessoas com deficiência é feito com estrutura adequada.

 

04.06.2012

 

Assessoria de Comunicação da Sesa

Selma Oliveira – 85 3101.5220 / 5221