41 anos: Cagece trabalha em benefício dos cearenses

20 de julho de 2012

A Cagece completa 41 anos nesta sexta-feira (20), pensando no presente e no futuro da população atendida. Desta forma, a Cagece tem, já contratados, empreendimentos em Fortaleza e no Interior, da ordem de R$ 570 milhões, beneficiando os cearenses. A empresa também conseguiu garantir, para os próximos anos, somente pelo PAC 2, recursos no valor de R$ 247.850.689,11, para 20 municípios, com uma contrapartida de R$ 47.224.463,40 do Governo do Estado.

 

Somente com recursos do Governo do Estado, entre 2011 e 2012, foram assegurados recursos da ordem de R$ 110 milhões para empreendimentos, em execução e a iniciar. Como resultado de tantos investimentos, os em andamento e os já equacionados, a Cagece elevará, por exemplo, para 68% o índice de esgotamento de Fortaleza, nos próximos anos.

 

Com relação às obras em andamento, a Cagece está beneficiando, dentre outros, Fortaleza, Russas, Madalena, Pacatuba, Aracati, Santana do Cariri, Maranguape, Marco e Tianguá. Somente em Fortaleza, encontram-se em execução as obras de abastecimento de água da Estação de Tratamento de Água Oeste, do setor Vila Brasil, do entorno de Messejana. Em obras de esgoto, na Capital, há obras do Macrossistema de Esgoto e de ampliação da rede de esgoto das sub-bacias nas margens dos Rios Siqueira, SD 7, SD 8, SD 6, SE 2, e Cocó, CD 2, CE 6, CE 4 e CE 5.

 

Entre as obras em andamento, destaca-se a construção de uma nova Estação de Tratamento de Água em Caucaia, que irá levar água diretamente a 650 mil pessoas. O projeto da ETA Oeste prevê uma vazão de 5 m3 por segundo, chegando à metade da capacidade atual da ETA Gavião (que abastece Fortaleza, Caucaia e Maracanaú). O investimento previsto será de R$ 139 milhões.

 

Já as obras do macrossistema de esgoto irão assentar 22 km de tubulação de esgoto de grande porte na cidade de Fortaleza. A obra beneficiará diretamente 235 mil pessoas, em 20 bairros e irá esgotar as sub-bacias da Capital que ficam às margens do rio Cocó. O macrossistema está recebendo investimentos no valor total de R$ 78,8 milhões, sendo R$ 63,9 milhões pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o restante de R$ 14,9 milhões pelo Governo do Estado do Ceará.

 

PAC 2 – Pelo investimento garantido como parte do PAC 2, obras de esgoto contemplarão as sub-bacias CE 7, CE 8 e CE 9,  situadas na margem esquerda do Rio Cocó, com recursos de R$ 129,83 milhões. Entre os bairros diretamente beneficiados estão Passaré, Castelão, Itaperi, Dendê, Jardim Cearense e Parque Dois Irmãos.

 

Ainda dentro das obras do PAC 2, mas desta vez com obras de esgotamento sanitário no Interior, a Companhia beneficiará Itaitinga, Horizonte, Tauá, Viçosa do Ceará, Baixio, Mauriti e Milagres. O investimento chegará a R$ 116,93 milhões.

 

A Cagece também atenderá com obras de abastecimento de água, pelo PAC 2, os municípios de Cascavel, Caridade, Jaguaribara, Umari, Carnaubal, Graça, Guaraciaba do Norte, Ibiapina, Mucambo, Pacujá, São Benedito e Ubajara. Serão investidos cerca de R$ 43,43 milhões. Além disso, os recursos do PAC 2 permitirão a elaboração de dois grandes projetos executivos de engenharia no valor de R$ 4,88 milhões.

 

20.07.2012

 

Assessoria de Imprensa da Cagece

Sabrina Lemos – 85 3101.1826 ou 3101.1828