Plano Safra 2012-2013 beneficia mais de 26 mil famílias de agricultores

20 de agosto de 2012

“Assim como pretendemos, até o final de 2014, que todas as famílias dos quatro cantos do Ceará tenham energia e água nas suas casas, também queremos universalizar o acesso das famílias que sobrevivem da produção agrícola, às garantias do Programa Safra”. Essas foram as palavras do governador Cid Gomes durante o lançamento do Programa Safra 2012-2013, nesta segunda-feira (20), em Morada Nova, no Vale do Jaguaribe.  O evento foi realizado com a participação do secretário Nacional da Agricultura Familiar, do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Laudemir Muller e do secretário Nelson Martins, da Secretaria do Desenvolvimento Agrário.

 

SDA3Segundo Cid Gomes, o Plano Safra irá ampliar e dar condições para que os nossos agricultores possam produzir riquezas que gerem divisas para o Estado. Para o secretário Nelson Martins, o Ceará passa pelo maior programa de crédito fundiário do país. “Em 2014, serão mais de 260 mil imóveis cadastrados em 15 milhões de hectares. Também estamos comemorando a entrega de cerca de 53 mil títulos de propriedade rural, somando com a entrega de hoje”, comentou.

 

A solenidade foi marcada pela entrega de cartas de créditos para três associações comunitárias, sendo duas para as localidades de Maracajá e Caiana, em Umirim e uma para Juamirim, em Jaguaretama. As cartas somam investimentos de cerca de R$ 2,7 milhões, que irão beneficiar 70 famílias. Em seguida, o governador realizou a entrega de títulos de propriedades rurais para representantes de 14 municípios, como representação simbólica dos 26.116 títulos que serão entregues aos municípios de Abaiara, Barbalha, Beberibe, Caridade, Itapipoca, Itarema, Milagres, Morada Nova, Russas, Salitre, Santa Quitéria, Tamboril, Solonópole e Tauá.

 

SDA2De acordo com o secretário Nacional da Agricultura Familiar, Laudemir Miller, o governador Cid Gomes é um real parceiro para o andamento dos programas federais ligados ao desenvolvimento agrário no Ceará. ” Temos a intenção de desenvolver o país e para isso temos que ter uma agricultura familiar forte, que gere emprego, que produza alimentos, que dê sustentabilidade. Para termos uma ideia, são investimentos da ordem de R$ 22,3 bilhões para todo o Brasil. Somente para o Ceará estamos destinando quase R$ 1 bilhão. Tenho a certeza de que junto com o governador Cid Gomes estamos avançando a passos largos nesse projeto”, disse.

 

Ainda dentro do projeto de Regularização Fundiária do Ceará, o governador Cid Gomes autorizou também a liberação de aproximadamente R$ 1,7 milhão para a renegociação de dívidas de trabalhadores rurais do Projeto Cédula da Terra, em 114 assentamentos.

 

Participaram do ato de lançamento do Plano Safra, Francisco Sombra, delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário; Eduardo Barbosa, superintendente substituto regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária; Ricardo Durval, superintendente do Instituto do Desenvolvimento Agrário do Estado do Ceará; Zé Maria Pimenta, presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará; Ana Maria Freitas, diretora e presidenta do Instituto Agropolos do Ceará; Luiz Carlos Lima, secretário de Políticas Agrícolas, representando a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Ceará.

 

SDA4  SDA1

 

20.08.2012

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado do Ceará

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)