Projeto Mata Branca promove ações no Interior

24 de setembro de 2012

As comunidades de Fidelis, Gavião, Crotá e Furada, em Quiterianópolis, e Minador, em Novo Oriente, recebem até quarta-feira (26), visita de técnicos do projeto Mata Branca, coordenado pela Assessoria de Projetos Especiais (Aspe) do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente (Conpam). A visita de campo é acompanhada pela coordenadora da Aspe, Tereza Farias, e pelo titular da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Promoção da Igualdade Racial (Ceppir), Ivaldo Paixão. Após os resultados dessa primeira etapa, uma nova parceria será analisada pelo presidente do Conpam, Paulo Henrique Lustosa.

 

Algumas das comunidades, remanescentes de quilombos, já registram mudanças nos hábitos alimentares e produtivos. Isso porque o projeto Mata Branca apoia o desenvolvimento de ações nessas comunidades, para aumentar os potenciais agrícola e apícola, e estimular a inserção de legumes e verduras na alimentação da população.

 

Outra ação é a construção de fogões ecoeficientes. Financiados pelo Conpam, eles reduzem a poluição atmosférica, consumo de lenha e casos de doenças respiratórias. A medida já beneficia a comunidade de Furada (Quiterianópolis), e segue para implantação em Minador (Novo Oriente).

 

Em alguns lugares, foram observados problemas nas áreas de saneamento básico, água, moradia, escolas e infraestrutura. O Mata Branca promoveu discussões com a Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA) para encontrar soluções conjuntas e evitar atrasos na implementação das ações do projeto.

 

24.09.2012

 

Assessoria de Comunicação do Conpam

Elizabeth Rebouças – 85 31011235 – 88482022