Linha Sul: Cid Gomes inaugura primeira estação central

28 de setembro de 2012

O governador Cid Gomes inaugurou nesta sexta-feira (28) a II Etapa da Linha Sul do Metrô de Fortaleza, que liga Estação Parangaba a Estação Benfica, definida como a primeira parada da área central da Capital. Com a inauguração, o Metrô passa a funcionar em operação assistida da Estação Carlito Benevides, em Pacatuba, até a Estação Benfica, o que totaliza três municípios beneficiados, já que o trajeto compreende ainda Maracanaú. “Fortaleza, Maracanaú e Pacatuba têm juntas uma população de mais de 3 milhões pessoas, que precisam se deslocar diariamente para trabalhar, estudar e se divertir. O que a gente tem visto é um número crescente de carros novos na cidade, o que gera engarrafamentos. Hoje, estamos colocando em prática projetos de mobilidade urbana pensados há mais de 20 anos, e fazendo novos projetos para que os cearenses tenham como se transportar e assim garantir mais tempo com a família e qualidade de vida”, disse Cid Gomes.

 

metro_dentro10Com a inauguração da II Etapa, a Linha Sul alcança 20 quilômetros, os quais serão percorridos em 33 minutos. Assim como na inauguração da I etapa, no mês de junho passado, a II etapa passará também pela operação assistida. Ela consiste em testes operacionais com passageiros realizados de segunda-feira a sexta-feira, entre as 8 horas e 12 horas. Nesse período, a cada 20 minutos é feita uma viagem de teste, transportando, gratuitamente, até 890 pessoas por vez, dependendo da composição de trens que estiver sendo usada (variando de três a seis carros, respectivamente). Para o presidente do Metrô de Fortaleza, Rômulo Fortes, “a data marca mais uma etapa da transformação da estrutura de mobilidade urbana da Região Metropolitana de Fortaleza”. Neste fim de semana, os trens italianos que fazem o percurso estarão em exposição na Estação Benfica das 10 horas às 22 horas.

metro_dentro9O Governador assegurou que ainda neste ano a III Etapa do Metrô de Fortaleza, que liga a Estação Benfica a Estação Central Chico da Silva, no Centro de Fortaleza, será inaugurada. Em 2013, o Governo do Estado colocará o Metrô de Fortaleza em operação comercial. A expectativa é transportar 350 mil passageiros por dia, com a integração plena entre todos os modais de transporte, que tem via de 24,1 km de extensão em via dupla, sendo 18 km de superfície, 3,9 km subterrâneo e 2,2 km em elevado.  O secretário da Infraestrutura, Adail Fontenele, destacou que a Estação Benfica, inaugurada nesta sexta-feira (28), é a primeira estação subterrânea das regiões Norte, Nordeste e Sul do País. “Ainda mais importante que inaugurar uma obra como essa, é vê-la funcionando em sua totalidade e aliada aos demais meios de transporte público. Isso vai transformar muito a vida das pessoas para melhor”, ressaltou o Secretário.

 

Ao todo, a Linha Sul contempla 20 estações: Carlito Benevides (antiga Vila das Flores); Jereissati; Maracanaú; Virgílio Távora (antiga Novo Maracanaú); Rachel de Queiroz (antiga Pajuçara); Alto Alegre; Aracapé; Esperança (antiga Conjunto Esperança); Mondubim; Manoel Sátiro; Vila Pery; Parangaba; Juscelino Kubitschek; Couto Fernandes, Porangabussu; Padre Cícero; Benfica; São Benedito; José de Alencar (antiga Lagoinha); e Central – Chico da Silva. Em sua totalidade, o Governo do Estado, em parceria com o Governo Federal, estão investindo cerca de R$ 1,8 bilhão.

 

metro_dentro6  metro_dentro5

 

VLT Parangaba-Mucuripe e Linha Leste

metro_dentro8Na ocasião o Governador Cid Gomes se comprometeu em garantir ainda mais investimentos para o setor de mobilidade, através do projeto do Ramal VLT Parangaba-Mucuripe, que atravessa 22 bairros, e deve transportar diariamente cerca de 100 mil fortalezenses. O projeto prevê, dentre outras, a construção de três tipologias de estação, sendo uma elevada (Parangaba), a do Papicu (que fará a integração com a Linha Leste do Metrô e o terminal) e outro tipo de padronização para as outras seis estações: Montese, Vila União, Rodoviária, São João do Tauape, Pontes Vieira e Mucuripe. Os modelos constam do material descritivo. “Não vamos parar só nisso”, destacou Cid Gomes.
metro_dentro7Segundo ele, o Governo do Estado tem o projeto de construir a Linha Leste do Metrô. Orçada em cerca de R$ 3,5 bilhões, sendo R$ 2 bilhões assegurados pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC Mobilidade), a linha terá 12 estações, sendo 11 subterrâneas e uma em superfície, com traçado de 12,4 quilômetros de extensão. A obra deve ser iniciada em junho de 2013, quando os primeiras tuneladoras chegam ao Ceará. Esses equipamentos também chamados de “shield”, trabalham apenas no subterrâneo, causando o menor impacto.  A obra fará a ligação entre o Centro de Fortaleza, partindo da estação Chico da Silva, até o Fórum Clovis Bevilaqua, no bairro Edson Queiroz. Quando pronta, serão cerca de 400 mil pessoas sendo transportadas diariamente. “Fico muito feliz de estar a frente do Governo do Estado quando esses avanços estão sendo entregues a população. É muito gratificante pra mim. Tenham certeza que cada detalhe de uma obra eu cuido pessoalmente”, agradeceu Cid Gomes à população.

Presente na solenidade, o senador Eunício Oliveira, destacou o empenho do Governador não só em garantir investimentos para a infraestrutura da cidade, mas em cuidar da saúde e da educação do povo cearense. “Esse mesmo cuidado o Cid está tendo com importantes obras na saúde, educação, turismo, e todas as outras de competência do Estado. Essa transformação no Ceará começou em 2006 e tem que continuar”, parabenizou o Senador.

metro_dentro4Finalizando a solenidade, Cid Gomes agradeceu a presença da população e pediu que eles cuidem  dos equipamentos. “Vamos nos conscientizar para que os equipamentos sejam bem tratados e os espaços sejam cuidados, para que de fato a população sejam os grandes beneficiários desses investimentos”, pediu Cid Gomes. Que foi prestigiado também por trabalhadores do Metrô de Fortaleza; pelo vice-Governador, Domingos Filho; pelos deputados Domingos Neto e Edísio Pacheco; e o empresário João Soares.
metro_dentro3  metro_dentro2

28.09.2012

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil ( comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)