Jovens desenvolvem projetos para promover mudanças em suas comunidades

21 de março de 2013

Mostrar projetos que visam melhorar a vida de pessoas da comunidade onde vivem ou nos arredores de seus bairros está entre os objetivos de aproximadamente 900 jovens que participam do Projeto e-Jovem, durante a Apresentação dos Painéis Sociais, nesta sexta-feira (22) e sábado (23), das 8 horas às 17 horas. O evento será realizado no Centro Universitário Estácio do Ceará (FIC – Moreira Campos). Trata-se de uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Seduc).

 

Além de expor os trabalhos, os alunos terão oportunidade de conhecer o que foi feito até agora na disciplina “Preparação para o Trabalho e Prática Social – PTPS” que integra o Módulo I do projeto.  A disciplina foi inspirada na metodologia da Ashoka Brasil, organização internacional reconhecida por seu trabalho na área de empreendedorismo social com a juventude. Para desenvolver as atividades desta etapa, os alunos elaboram projetos e buscam a colaboração de integrantes da sociedade civil, representantes governamentais e empresas, que analisam as ideias a fim de torná-las executáveis.

 

“A sistematização desses projetos atinge a sociedade positivamente,  uma vez que contribui com a formação dos jovens que passam a ter outra percepção do meio social”, declarou Júlio Cavalcante, coordenador do e-Jovem. Todos os educandos são livres para desenvolver seus projetos de forma a contribuir com a sociedade, no entanto, os  trabalhos estão inseridos, geralmente, nas áreas de meio ambiente, educação, esporte e cultura.

 

Um bom exemplo do empenho dos alunos em seus projetos pode ser visto no “Felicidade na Melhor Idade”. Realizada por cinco estudantes da Escola de Ensino Fundamental e Médio Santa Luzia, localizada no bairro Meireles, a ação tem gerando resultados benéficos. É que através de visitas feitas aos idosos assistidos no Lar Torres de Melo, as estudantes incentivam o desenvolvimento de atividades ligadas à arte e cultura, como a produção de peças artesanais e a contação de histórias.

 

Nesse primeiro módulo, os projetos dos alunos são planejados e preparados em 25 aulas, sob a orientação de um facilitador. Além disso, são disponibilizadas apostilas aos estudantes, a fim de ajudar na idealização dos trabalhos, levando-os a pensar em ações que contribuam de maneira positiva para a comunidade.

 

Promovido pelo Governo do Estado, por meio da Seduc, o Projeto e-Jovem tem como princípios básicos a formação continuada, o protagonismo e empreendedorismo juvenil, a qualificação profissional, oportunizando melhores condições de inserção no mundo do trabalho e geração de emprego e renda para os jovens concluintes do ensino médio e egressos da rede pública estadual. A iniciativa oferta formação em Tecnologia da Informação e Comunicação, e mantém parceria com o Centro Universitário Estácio do Ceará, que sede o espaço da universidade para a formação dos educadores e para os eventos de apresentação do Painel Social.

 

Serviço:

Painéis Sociais do Projeto e-Jovem

22 e 23/03/2013 – das  8 horas às 12 horas / 13 horas às 17 horas
Local: Centro Universitário Estácio do Ceará (FIC – Moreira Campos)
Endereço: Rua Vicente Linhares, 308 – Aldeota

 

21.03.2013

Assesssoria de Imprensa da Seduc

Jacqueline Cavalcante (jacquelinec@seduc.ce.gov.br / 85 3101.3872)