Porto do Pecém recebe scanner de fiscalização e área de cargas perigosas

21 de maio de 2013

Até o fim deste mês, entram em funcionamento no Porto do Pecém mais duas instalações cujas obras encontram-se em fase final de testes. A área de cargas perigosas e o scanner passarão a operar, facilitando consideravelmente a movimentação de mercadorias naquele terminal.

 

A aquisição e instalação do equipamento do scanner envolveram recursos no valor de R$ 4,3 milhões, enquanto na construção do pátio de cargas perigosas foram movimentados recursos no valor de R$ 608 mil, oriundos do Governo Federal, por meio da Secretaria Especial de Portos, e do Governo do Estado do Ceará.

 

O início do funcionamento do scanner permitirá 70 inspeções de contêineres de 40 pés por hora.  Até o próximo dia 31, entra também em funcionamento a área de cargas perigosas, que terá dois mil metros quadrados, podendo receber simultaneamente, até 100 contêineres.

 

São consideradas cargas perigosas mercadorias como solventes e demais produtos químicos da indústria de tintas, curtumes e outras. O pátio foi construído obedecendo rigorosamente às especificações exigidas pelos órgãos de regulação ambiental, recebendo impermeabilização diferenciada e reforçada, com calhas para contenção de vazamentos e tanques de retenção de produtos.

 

O novo pátio e o scanner servirão ainda para proporcionar maior celeridade no fluxo de cargas do porto, evitando filas de navios que poderiam ocorrer em virtude do constante crescimento do terminal.

 

21.05.2013

Assessoria de Comunicação da Cearáportos

Joseoly Moreira (joseoly@gmail.com / 85 9983.2525)