Copa das Confederações deve atrair mais de 265 mil turistas

11 de junho de 2013

A capital cearense está prestes a receber o primeiro dos grandes eventos mundiais que vão divulgar os destinos turísticos cearenses nos cinco continentes, a Copa das Confederações 2013, que vai ocorrer de 15 a 30 de junho em seis cidades do Brasil.

 

Segundo estimativas da Secretaria do Turismo do Estado do Ceará (Setur CE), por meio da sua Coordenação de Estudos e Pesquisas, o fluxo turístico no mês da competição deve ser 30,8% superior ao mesmo período de 2012, com uma média de 265 mil visitantes. Destes, 5.235 são estrangeiros, que já compraram ingressos até o dia 15 de maio.

 

Ao todo, 4,7% dos ingressos vendidos para os jogos da Copa das Confederações em Fortaleza foram adquiridos por turistas estrangeiros. O percentual divulgado no último balanço de venda de ingressos da FIFA aponta que a Capital Cearense será a sede que vai receber o maior número de visitantes oriundos de outros países, seguida de Rio de Janeiro (3,6%) e Belo Horizonte (3,1%).

 

Estes turistas vão poder atestar o trabalho de qualificação de espaços e pessoas empreendido pela Setur CE desde 2007, que resultou em obras que impulsionam o turismo como instrumento de desenvolvimento econômico e social, tais como o Centro de Eventos, as duplicações das CE 040 e 085, e o Acquario, além de 53 mil profissionais e gestores da cadeia produtiva do turismo qualificados.

 

Para a Copa do Mundo FIFA 2014, também vão ser capacitados 600 taxistas de Fortaleza, que além de línguas estrangeiras, vão aprender história local, etiqueta, informações e serviços turísticos e noções de qualidade no atendimento ao cliente.

 

Rede hoteleira com mais de 43 mil leitos

 

A rede hoteleira também está preparada para receber os torcedores de fora: com mais de 43 mil leitos em Fortaleza e cidades em um raio de até 150 quilômetros de distância, o número supera as expectativas da organização da competição, que é de 40 mil.

 

Somente na capital, são 27.745 leitos. Somados aos 16.054 nos municípios próximos, são 43.799 leitos, capazes de receber até 329.620. Além destes, estão em implantação em Fortaleza três hotéis que juntos vão oferecer outros 1.858 leitos e receber até 13,6 mil hóspedes, e vão estar prontos até a 2014.

 

Entrega dos ingressos

 

O primeiro jogo da competição em Fortaleza, entre as seleções brasileira e mexicana, vai ocorrer no dia 19 de junho na Arena Castelão. Para esta partida, com 51 mil pagantes até meados de maio, o percentual de ingressos vendidos para estrangeiros é de 2,1%, com a seguinte distribuição: México (32%), Estados Unidos – EUA (26%), Espanha (14%), Alemanha (8%), França e Holanda (3% cada).

 

Dos brasileiros que compraram bilhetes, até o momento, 67,5% são cearenses (61,4% da região metropolitana de Fortaleza – RMF) e 35,9% de outros Estados, sendo 4,8% de paulistas, 4,5% de potiguares, 3,9% de piauienses, 2,3% de maranhenses e 2,1% de brasilienses.

 

O segundo jogo, no dia 23, entre a Espanha, a atual campeã mundial, e a Nigéria, vencedora do Campeonato Africano das Nações 2013, teve 39,1 mil ingressos vendidos, dos quais 5,2% foram comprados no exterior – Espanha, 72%; EUA, 8%; México, 5%; França, Argentina e Holanda, 2% cada.

 

Já o público local vai ser formado por 72,7% de cearenses (65,2% da RMF), 3,6% de paulistas, 3,5% de potiguares, 3,3% de piauienses, 2,7% de maranhenses e 1,7% de paraenses.

 

O terceiro jogo, uma das semifinais e ainda sem as seleções participantes definidas, teve 33,8 mil dos ingressos vendidos, sendo 5,4% para estrangeiros. Os espanhóis lideram a procura, com 60%; seguido pelos estadunidenses (13%); mexicanos (7%); argentinos (3%); italianos e japoneses, com 2% cada.

 

A distribuição dos brasileiros é de 71,1% de cearenses (66,3% da RMF), 4,2% de paulistas, 3,4% de potiguares, 2,9% de piauienses, 1,4% de brasilienses e 1,3% de pernambucanos.

 

Balanço por sede

 

    – Fortaleza: 69,3% (locais), 26,1% (brasileiros de outros estados) e 4,7% (estrangeiros)
    – Belo Horizonte: 80,3% (locais), 16,6% (brasileiros de outros estados) e 3,1% (estrangeiros)
    – Brasília: 80,7% (locais), 18,7% (brasileiros de outros estados) e 0,6% (estrangeiros)
    – Recife: 84,5% (locais), 13,4% (brasileiros de outros estados) e 2,1% (estrangeiros)
    – Rio de Janeiro: 65,3% (locais), 31,1% (brasileiros de outros estados) e 3,6% (estrangeiros

    – Salvador: 74,2% (locais), 24,3% (brasileiros de outros estados) e 1,5% (estrangeiros)

 

11.06.2013

Assessoria de Comunicação da Setur

Carmen Inês / Tunay Peixoto (ascom@setur.ce.gov.br / 85 3001.4654 – 3101.4661 – 8732.2041)

Facebook.com/seturce

Twitter.com/seturce