Confira a programação cultural para o fim de semana

19 de julho de 2013

Confira as diversas opções de lazer, cultura e arte que o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, a Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho e o Centro Cultural Bom Jardim, equipamentos geridos pelo Instituto de Arte e Cultura do Ceará (IACC), vinculado à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, oferecem como destaques para esta semana.

 

Fuxico no Dragão segue com programação especial de férias

 

Feira, mostra de cinema, discotecagens, apresentações artísticas, shows e atividades infantis prometem agradar visitantes até o início de agosto.

 

Contando com apoio do Sesc, o Dragão do Mar segue com o ciclo temático especial de férias: Fuxico no Dragão: venha namorar, paquerar, ler e se divertir. O Projeto oferece, até a primeira semana de agosto, uma série de atividades, como feira, discotecagens, apresentações artísticas, shows, além de opções de cultura, entretenimento e arte-educação para o público infantil. A proposta é oferecer um ambiente acolhedor e irreverente, um espaço de sociabilidade e fruição de bens simbólicos. Confira a programação para esta semana:

 

Feira do Fuxico

 

A Feira do Fuxico traz antiguidades, livros, discos, artefatos culturais, orquídeas, produtos naturais e artigos de moda que poderão ser negociados diretamente com os expositores. Participam da Feira as marcas: Fader Disco Laser (Vinil), Metal Home (Vinil), Nellice Freitas (Artigos Utilitários) , Casa Fora do Eixo Nordeste (Cds e Camisetas), APO (Artigos em Couro), Aondê (Cadernos Artesanais) , Esmeraldino (Vestuário), Lovely Trip (Carteiras e Porta Moedas), Espinho e Fulô (Artigos em couro), Thales Argert (Artigos Bordados), Efeitos Visuais (Camisetas e Artigos), Guarderia dos Meninos (Artigos), Elane Fideles (Arte em Vinil), Recicla CE (Carteiras Ecológicas) , Bruno Muneratto (Arte em Vidro), Coletivo Vish (Posters), Emtre (Empreendimento de transformação em Recicláveis), Mimus (Artigos Musicais), Ayrton Pessoa (Postais e Quadros), Antiguidades (Móveis), Brecho Nem Luxo Nem Lixo (Roupas e Artigos), Carmem Lazari (Artista Plástica), Jinja Bolsas (Bolsas), Munhoz Aguirre (Sandálias e Acessórios), Cartola Collection (Vestuário), Formosa Bandida (Vestuário).

 

* Todos os sábados e domingos, das 17h às 22h, na Galeria Multiuso. Acesso gratuito.

 

Mostra de Cinema Mar Aberto

 

Desde o dia 12, todas as sextas-feiras e todos os sábados de julho, os visitantes do Dragão do Mar poderão conferir, gratuitamente, a Mostra Mar Aberto: curtas-metragens cearenses de todas as épocas. Como o próprio nome sugere, Mar Aberto propõe um olhar panorâmico e abrangente sobre a produção local de filmes em curta-metragem. Reunindo temáticas plurais, a mostra reúne obras de realizadores cearenses, produzidas em períodos temporais diversos. Uma boa oportunidade para ver e refletir sobre o audiovisual no estado. A Mostra tem curadoria de Salomão Santana. Nos dias 12 e 13 foram exibidos os filmes: Manassés, Os brasileiros Assistem à televisão Depois do Jantar #10 – Viagem a Lisboa, Estrela Distante, Linhas e Espirais, Diante da Lei, Águas de Romanza, Os versos mais Lindos, Desnorte em Novembro e Jaime. Nesta semana serão exibidos:

 

Dia 19

O Começo
Cor, Digital, 19min, 2010
Direção: Camila Vieira e Hugo Pierot
Uma homem. Uma mulher. Um baú cheio de lembranças.

 

Passos no Silêncio
P&B, Digital, 17min, 2010
Direção: Guto Parente
Uma professora de alemão e a tradução de um poema.

 

Cerca
Cor, Digital, 15min, 2006
Direção: Glauco Vieira
O curta trata da aventura psicológica de uma velha que sofre uma ação de despejo, no momento em que é forçada a desprender-se de tudo aquilo que mais ama. A religiosidade, o apego, as memórias são elementos presentes no texto visual, tematizados a partir do interior das personagens. As imagens, os sons configuram essa viagem no mundo inconsciente de uma velha presa ao seu passado, à sua identidade peculiar.

 

Porque as Coisas são Assim
Cor, Digital, 10min, 2010
Direção: Michelline Helena
Diante do inevitável, um pai tenta explicar para a filha o tênue limite entre o desejo e a realidade, o certo e o errado; o mundo real onde tudo se mistura e onde todas as coisas são apenas o que são.

 

Dia 20

O Amor do Palhaço
Cor, Digital, 15min, 2005
Direção: Armando Praça
O fim. Grete, personalidade da praia de Canoa Quebrada, está morto. Sua história retrocede no tempo, momentos da vida desvendam sua trajetória até o instante em que é tomada a fatídica decisão de abandonar o Circo Máximo e aventurar-se sozinho.

 

Torre dos Olhos
Cor, Digital, 23min, 2013
Direção: Thais Dahas
He’s a real nowhere man.

 

Supermemórias
Cor, Digital, 20min, 2010
Direção: Danilo Carvalho
Mais uma memória para uma cidade sem lembranças… Um olhar poético sobre a cidade de Fortaleza-Ceará-Brasil, a partir de registros caseiros em super8 das décadas de 60, 70, 80. Este filme é fruto de uma manifestação da cidade no ato de doar suas memórias para uma poesia coleiva.

 

Cidade Postal
Cor, Digital, 10min, 2013
Direção: Clara Bastos, Tarcísio Rocha Filho e Victor Costa Lopes
Espero que esteja bem. Ass: Eu que fiquei.

*Todas as sextas e sábados, a partir das 19h, no Auditório. Acesso gratuito.

 

Discotecagem

Todos os sábados DJ´s convidados animam a noite no Dragão:
Dia: 20/07- Fertinha
*Todos os sábados, a partir das 20h, no palco ao lado da Galeria Multiuso.

Apresentações Musicais
Dia: 20/07 – Fulô da Aurora – a partir das 22h, no palco ao lado da Galeria Multiuso

Dia: 21/07 – Lorena Nunes – a partir das 20h, no palco ao lado da Galeria Multiuso

 

Teatro Infantil

A Lenda da Mãe D’água

A Lenda da Mãe D’água apresenta o mistério delineado pela ingenuidade e imaginação. A peça conta a história de um menino curioso que gostava de brincar no rio. Certa noite o garoto resolve ir brincar próximo ao rio, porém não espera que aquele dia, ao anoitecer, a mãe d’água iria subir a superfície. O espetáculo foi inspirado em contos, causos e lendas do imaginário popular tradicional.

*Dia 20, às 18h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Acesso gratuito.

Oficina Infantil

Carteiras Ecológicas – Dia 21, às 17h, na Arena Dragão do Mar. Acesso gratuito.

_____________________________________________________________________

 

Banda de Música de Maranguape Maestro João Inácio da Fonseca toca neste domingo (21)

 

A Banda de Música de Maranguape Maestro João Inácio da Fonseca faz parte do “Projeto Pra Ver a Banda”, do Sistema Estadual de Bandas de Música (SEBAM/CE). O programa foi iniciado no dia 22 de novembro de 1998, pela banda de música do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará e, desde então, acontece sempre aos domingos, em meses alternados, no Espaço Rogaciano Leite, às 19h.

 

O Sistema Estadual de Bandas de Música (SEBAM/CE) visa sistematizar e programar políticas de integração e incentivo às bandas de música de todo o Estado, com diretrizes estabelecidas de forma democrática e participativa por estas instituições, conforme Lei n.º 13.605 de 28 de junho de 2005.

 

Serviço: Dia 21, às 19h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Acesso gratuito. Contatos: (85) 33699185 / 88788109.

___________________________________________________________________

 

[Múltiplas linguagens]

Sahaja Yoga

A prática permite que a pessoa se identifique com o seu verdadeiro ser, abandonando os hábitos negativos para a evolução espiritual.

Serviço: Sexta (19), às 16h, no Bosque da Praça Verde. Acesso gratuito.

Feira Dragão Arte

Feira de artesanato realizada em parceria entre SEBRAE-CE e SIARA-CE.

Serviço: De sexta a domingo, das 17h às 22h, Ao lado do Espelho D’água. Acesso gratuito.

Planeta Hip Hop

Grupos promovem exibições de dança e música hip hop.

Serviço: Sábado (20), às 19h, na Arena Dragão do Mar. Acesso gratuito.

5º Grupo Escoteiro do Ar Pinto Martins

De acordo com a faixa etária dos participantes, o grupo define as atividades de  escoteirismo.

Serviço: Sábado (20), das 14h às 17h, na Praça Verde. Acesso gratuito.

 

[Exposições]

 

Museu da Cultura Cearense (MCC)

 

Verde-Amarelo

 

“A exposição “Verde-Amarelo” mostra, sob um piscar de olhos, divertidas facetas da torcida futebolística brasileira – e, em especial no Nordeste e em cidades do interior. A mostra enfatiza o design da rua, os inventos do dia a dia e os momentos quando os brasileiros se orgulham das cores da bandeira brasileira.

 

A maioria das imagens e dos objetos foi captada no interior do Ceará, durante os últimos grandes eventos esportivos, como na Copa de Mundo de 2010.  Durante a exposição, pretende-se ampliar o acervo com a colaboração do público, criar ações interativas e resgatar algo do rico universo da cultura popular e do kitsch em torno das cores da bandeira do Brasil, com um olhar descontraído e com certa ironia.” diz Titus Riedl

 

A mostra apresenta exemplos da criatividade e inventividade dos brasileiros em relação aos seus eventos esportivos e à paixão pelo futebol, traduzida nas cores da bandeira nacional. Um dos idealizadores da Exposição, o sociólogo e pesquisador Titus Riedl afirma que a exposição busca mostrar, de maneira divertida, como se dá essa cultura do improviso aqui no Ceará. “Queremos ver como os indivíduos criam e recriam objetos para expressar a sua emoção, utilizando, inclusive, elementos que são próprios dessa cultura, como a renda, a presença de redes, bandeirinhas, o fuxico, entre outros”, afirma.

 

Segundo Valéria Laena, diretora do MCC, vemos agora serem iniciados os preparativos para receber esses grandes eventos, então é um momento oportuno para refletirmos de maneira leve sobre questões importantes como construção da brasilidade, identidade e memória. “O povo cearense é conhecido por sua criatividade, então estamos apostando nesse espírito inventivo para mostrar como se materializa essa mobilização nestes períodos em particular”, afirma Valéria.

 

Visitação de terça a domingo, das 10h às 20h (acesso até às 19h30). Acesso Gratuito.

 

Vaqueiros [Sala 4] (ÚLTIMO ANO)

Exposição lúdica, de caráter didático, percorre o universo do vaqueiro a partir da ocupação do território cearense pela pecuária até a atualidade. Utiliza cenografia, imagens e objetos ligados ao cotidiano do vaqueiro.

 

Visitação de terça a domingo, das 10h às 20h (acesso até às 19h30). Acesso Gratuito.

 

Brinquedo – A Arte do Movimento [Sala 3] (ÚLTIMO ANO)

A exposição estimula a memória e ativa a sensibilidade. Os brinquedos expostos pertenciam a Coleção Macao Goes e hoje fazem parte do acervo do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.

 

Visitação de terça a domingo, das 10h às 20h (acesso até às 19h30). Acesso Gratuito.

 

Museu de Arte Contemporânea MAC

 

Leonilson Inflamável

A exposição “Leonilson Inflamável” apresenta um generoso recorte da produção artística do cearense. Com curadoria de Bitu Cassundé, a mostra, composta por cerca de 175 obras, evidencia parte de um acervo ainda inédito no Ceará, composto, principalmente, por três coleções: Família Bezerra Dias, Museu de Arte Contemporânea do Ceará – MAC CE e Museu de Arte Moderna de São Paulo – MAM SP.

 

“Leonilson Inflamável” traz desde as lonas, gravuras, desenhos e bordados da sua última fase, até trabalhos iniciais produzidos em Fortaleza, na Maraponga. O grupo ocupa as 13 salas do MAC CE e dimensiona, através de um potente percurso, um panorama da produção do artista. José Leonilson (1957-1993) legitimou dentro da produção contemporânea brasileira um importante legado, com uma obra que articula a projeção biográfica mediada pela subjetividade e pela ficção, produziu um conjunto capaz de relacionar diferentes técnicas, suportes e linguagens. Revela-se através de uma pontual visualidade, lapidada por um vigoroso desenho, pela organicidade do bordado ou por uma pintura livre do rigor formal, uma impactante obra.

 

Após 20 anos do falecimento do artista, a vitalidade e a atualidade das questões que permeiam a sua poética ainda são marcas fortes às quais fica difícil permanecer indiferente.

 

Visitação de terça a domingo, das 10h às 20h (acesso até às 19h30). Acesso Gratuito.

 

Biblioteca Leonilson

Espaço especializado em artes visuais com cerca de dois mil livros nas áreas de Fotografia, Design, Museologia, História da Arte, Arquitetura e Urbanismo, Moda e Arte Contemporânea.

Serviço: De terça a quinta, das 9h às 12h e das 14h às 18h. Sexta, das 14h às 18h. Gratuito.

Horário da Lojinha Dragão do Mar: terça a domingo, das 14h às 20h.

 

20h

­­­­­­­­­­­­­­­­­­Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho

 

Av. Francisco Sá, 1801 – Jacarecanga 60010-450 – Fortaleza-CE

Informações e agendamento de visitas: (85) 3238.1244

 

Os espaços EAO funcionam de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30. Todos os espaços têm acesso livre e vagas limitadas.

 

A Escola de Artes e Ofícios é um Espaço privilegiado para pessoas que buscam formação profissional nas áreas de conservação, preservação, restauração, difusão e valorização do patrimônio cultural do Estado do Ceará.

 

ILHA DIGITAL:

A ilha digital da EAOTPS é disponibilizada para pesquisas, serviços de impressão, digitalização e periodicamente ministra curso básico de informática. O acesso à internet é gratuito.

 

BIBLIOTECA THOMAZ POMPEU SOBRINHO:

Aberta à comunidade, a Biblioteca EAOTPS conta com acervo em torno de 1.500 livros para consulta local nas áreas de Artes, Arquitetura, Patrimônio Cultural, Ofícios Tradicionais e Literatura.

+ Horário de Funcionamento: Segunda a sexta, de 8h às12h e 13h30min às 17h30min.

 

ATELIER DE XILOGRAVURA:

O ateliê de xilogravura da EAOTPS pode ser utilizado, mediante agendamento prévio, de segunda a sexta, no horário de 8h às 17h30min para atividades de impressão. Para conhecer as normas de utilização e agendar horário, os (as) interessados (as) podem entrar em contato com a Escola, pelo telefone: 3238 1808

 

LOJA DE ARTESANATO

Conheça alguns produtos desenvolvidos pelos alunos em cursos realizados na EAOTPS.

VISITA GUIADA:

Escolas, Instituições e grupos em geral podem agendar uma visita guiada para conhecer os diversos espaços da EAOTPS. Agende sua visita! Contato: (85)3238.1244.

Centro Cultural Bom Jardim

Rua 3 Corações, 400 – Bom Jardim

 

Dia 19 –  Sexta

 

EXPOSIÇÃO

Mostra Bira de Arte

Curadoria: Maira Gutierres

 

A Mostra Bira de Artes apresenta a produção coletiva dos alunos da EEFM Dr. Ubirajara Índio do Ceará, realizadas no Laboratório de Produção de Imagens nos módulos de Desenho, Pintura e Fotografia ministrados pelos bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência-PIBID, junto ao Curso de Licenciatura em Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará-IFCE.

 

Abertura dia 19 de julho. A exposição permanecerá de 19 julho à 19 de agosto.
Horário de visitação: 09hs às 12hs / 14h às 18h.

 

Dia 20 –  sábado

[CINECLUBE]

Facilitador: Angélica Rodrigues 8700 6779

Dia 20, 16hs
Programa 97 – Comunidades
Filmes:

– Acadêmicos do Morrinho – parte 2                                                                                       
Dir.: Chico Serra , Fábio Gavião , Nelcirlan Souza e Renato Dias
RJ, 2006, Animação, Colorido, 4 min.

– Defina-se                                                                                                                                                    
Dir.:Kelly ,Regina Alves; SP, 2002, Documentário, Colorido, 4 min.
– Geyzislaine, meu amor                                                                                                     
Dir.: Alunos da Amacine e Liceu Cláudio Santoro
AM, 2005, Ficção, Colorido, 4 min.
– Maria capacete                                                                                                                              
Dir.: Eduardo Bezerra e Victor Luiz dos Santos
SP, 2006, Documentário, Colorido, 21 min.
Mulher de amigo                                                                                                                
Dir.:Leandro Monteiro
RJ, 2005, Ficção, Colorido, 13 min.
– O saci no morrinho  
Dir.: Fábio Gavião , José Carlos Junior , Nelcirlan Souza e Renato Dias
RJ, 2006, Animação, Colorido, 4 min.
– Picolé, pintinho e pipa
Dir.: Gustavo Melo; RJ, 2007, Ficção, Colorido, 15 min.
– Seu Aluisio e o ma de Mariela Brito, Meg Medeiros e Núcleo Kabum
BA, 2006, Documentário, Colorido, 7 min.

 

Dia 21 – domingo

LAGARTA PINTADA

Brincadeiras Infantis
Direção: Cristina Gadelha e Leticia Silva

Programa lúdico-educativo que proporciona ao público infantil momentos de lazer e criação através de atividades de pintura e desenho livre, jogos, cantigas de roda e brincadeiras da cultura tradicional popular.

+ Dia 21, às 16h. Duração: 2h, Classificação: Livre.

[CINECLUBE]

Dia 21, 15hs
Programa: 94
Animações para a primeira infância – Censura: Livre

Filmes:
– A traça Teca
Dir.: Diego Doimo; SP, 2002, Animação, Colorido, 8 min.
– Albertinho
Dir.: Núcleo Animazul; ES, 2006, Animação, Colorido, 12 min.
– Caquinhas
Dir.: César Cabral; SP, 2005, Animação, Colorido, 5 min.
– Cuidando, dá linha
Dir.: Wilson Lazaretti; SP, 1997, Animação, Colorido, 7 min.
– Minhocas
Dir.: Paolo Conti; SC, 2005, Animação, Colorido, 15 min.
– Mitos do mondo: Por que o canguru salta em duas patas?
Dir.: Andrés Lieban; RJ, 2004, Animação, Colorido, 11 min.
– Para chegar até a lua
Dir.: José Guilhermo Hiertz; SP, 2005, Animação, Colorido, 10 min.
– Tem um dragão no meu baú
Dir.: Rosaria; RJ, 2005, Animação, Colorido, 2 min.

 

19.07.2013

 

Assessoria de Comunicação e Marketing do IACC

Luciana Vasconcelos – (85) 3488.8625