Programa de Desenvolvimento Regional pretende fortalecer geração de negócios no Ceará

31 de julho de 2013

O Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico (Cede) realizou nesta terça (30) a primeira reunião de trabalho do Programa de Desenvolvimento Regional (PDR), uma parceria entre o Cede, a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) e outras 19 entidades. O PDR visa a estimular o desenvolvimento de novas cadeias produtivas em toda a região do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp), capacitando empresas cearenses para atenderem a demanda de compras e contratações de novas empresas estruturantes que estão se instalando no Ceará, o que deve trazer uma série de benefícios para o estado, para investidores e fornecedores locais.

 

De acordo com a DVF Consultoria, empresa que auxilia o PDR, as empresas já instaladas no Cipp hoje representam um investimento de cerca de R$ 3,5 bilhões, e contam com aproximadamente 2.100 funcionários trabalhando nelas. Pra se ter uma ideia do potencial gerador de negócios, as empresas em instalação (CSP, Petrobras – tancagem, Eternit, Silat, Refinaria Premium II), somam juntas um investimento de R$ 30,5 bilhões, a mão de obra na implantação dessas empresas chegará a cerca de 55 mil funcionários, e 12 mil permanecerão trabalhando na operação desses empreendimentos.

 

Na reunião, o Presidente do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico (Cede), Alexandre Pereira reafirmou a importância estratégica do Complexo do Pecém para o estado e afirmou que o PDR pretende fortalecer o ambiente de negócios e aumentar a competitividade dos fornecedores locais. “Com uma construção coletiva, buscamos agregar valor aos produtos e serviços e contribuir com a geração de empregos e renda no Ceará”, disse.

 

Entre os resultados esperados pelo programa está o fortalecimento e crescimento das empresas e indústrias de base na região e no estado como um todo, além de promover a competência das empresas locais, melhoria da qualidade da mão de obra e aproximação entre investidores e empresas fornecedoras. “Quero ressaltar a importância e grandiosidade da CSP para o desenvolvimento do Complexo do Pecém, no sentido de fortalecer a cadeia de investimentos e somar esforços para ajudar a tornar a região um polo cada vez mais atrativo para novos negócios”, destaca Alexandre Pereira.

 

Em agosto será realizada um encontro extraordinário em formato de workshop, para que algumas empresas que estão instaladas no Complexo do Pecém possam apresentar sua estrutura aos participantes do PDR, para o programa, a partir daí, identificar reais oportunidades de negócios, além de conhecer as dificuldades a serem superadas. A meta é fazer a integração entre a cadeia das várias empresas.

 

Entre as entidades participantes da reunião desta terça, estavam presentes: Cede, Adece, ZPE Ceará, CDL, Banco do Nordeste, Caixa Econômica, Coopercon, CDL Fortaleza, CDL Caucaia, Adeca, Aedi, Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, Posco, ABM. O PDR contará com reuniões de trabalho mensais.

 

31.07.2013

 

Assessoria de Comunicação do Cede
Paulo Sombra – 85 3101.1602 | 9909.3843
paulo.sombra@cede.ce.gov.br