Casa Cor Ceará recebe egressos do sistema penitenciário entre seus trabalhadores

24 de setembro de 2013

A Casa Cor Ceará 2013 firmou uma parceria com o Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), para dar oportunidade de trabalho para egressos do sistema penitenciário cearense. Uma dezena de trabalhadores das áreas de construção civil e prestação de serviços está incluída na 15ª edição do evento, que acontece de 16 de outubro a 26 de novembro de 2013, em Fortaleza, e reúne arquitetura, decoração, paisagismo e responsabilidade social.

 

Com o tema “Um olhar para o Ceará”, a mostra lança o desafio de ser a primeira Casa Cor do País a apostar na reinserção social de egressos em regime semiaberto e aberto como motor na pacificação do Estado. Os egressos estão sendo alocados entre as mais diversas áreas da construção da nova edificação. A Casa Cor Ceará 2013 ganha a força e as mãos de trabalhadores como pintor, servente, pedreiro, além de incluir serviços que serão prestados após a inauguração, a exemplo de garçom, copeira e recepcionista. “Nos sentimos desafiados pelo compromisso assumido pelo Governo do Estado do Ceará com a recuperação destas pessoas. Para a Casa Cor Ceará 2013 este é mais um ato de inovação, superação e uma aposta na responsabilidade social do evento, uma das nossas marcas”, afirma Neuma Figueiredo, diretora geral da Casa Cor Ceará.

 

“Quando vemos parceiros deste porte, entendemos que a nossa forma de ver o sistema penitenciário está mudando. Precisamos dar chance aos apenados para que eles, com trabalho, possam reconstruir suas vidas e deixar a criminalidade. A Casa Cor Ceará é mais uma parceira da Sejus que entende a função social da pena de prisão não é apenas punir, mas dar oportunidade de reflexão e, principalmente, de mudança de atitude”, afirma a secretária da Justiça e Cidadania do Estado, Mariana Lobo.

 

O trabalho do preso é regido pela Lei de Execução Penal e tem objetivo de remir a pena devida à Justiça, sendo a cada três (03) dias trabalhados, ele terá um (01) dia a menos na pena a cumprir. O egresso trabalhador é remunerado com 3/4 de um salário mínimo, com vinculo com a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado. Eles são selecionados e acompanhados por meio de uma equipe multidisciplinar composta por assistentes sociais, advogados, agentes penitenciários e psicólogos. São avaliados o perfil do egresso, o grau de sociabilidade, capacidade técnica, comportamento e vontade de reinserção social.

 

A Casa Cor Ceará 2013

 

Projetada em imóvel de arquitetura europeia exclusiva, construído na década de 50, a Casa Cor Ceará 2013 acontece na propriedade da família Boris, localizada na Av. Rui Barbosa. Possui 7.200 m², sendo 1.100 m² de área construída, e marca a 15ª edição do evento cearense. A Casa Cor Ceará é hoje é uma referência na arquitetura e decoração, sendo associada aos conceitos de qualidade, inovação e credibilidade, com as melhores empresas e profissionais do segmento. Prova são os resultados alcançados em 2012. A mostra cearense ganhou dois prêmios: o de Melhor Evento Nacional, como a melhor Casa Cor realizada no ano de 2012 (entre as 19 franquias brasileiras) e o 1º lugar em Maior Percentual de Aumento de Público Nacional da Casa Cor 2012.

 

Serviço:

Casa Cor Ceará 2013

De 16 de outubro a 20 de novembro
Terça a Domingo e Feriados, das 16h às 22h.
Av. Rui Barbosa n 869 (esquina com Rua Pereira Figueiras)

Fortaleza – Ceará

 

Informações para imprensa:
DUX ESTRATÉGIA
Diego Costa
duxestrategia@gmail.com
(85) 3023-6266 / 8778-2306

 

24.09.2013

Assessoria de Imprensa da Sejus

Bianca Felippsen (ascom.sejus@gmail.com / 85 8878.8464 / 9688.8008 / 3101.2862)