Teatro Carlos Câmara reabre as portas no Dia Mundial do Teatro

26 de Março de 2014

Espaço de uma longa história e de uma vasta contribuição ao cenário cultural e artístico do Ceará, o Teatro Carlos Câmara (Rua Senador Pompeu, 454, Centro) tornará a abrir as portas ao público nesta quinta-feira (27), Dia Mundial do Teatro, com uma programação especial preparada pela Secretaria da Cultura do Governo do Estado (Secult). Além de conhecer as novas instalações do teatro, o público poderá assistir a espetáculos de diferentes linguagens, do maracatu Vozes da África ao teatro do Grupo Bagaceira, incluindo a apresentação “Carlos Câmara em Três Tempos”, com Ricardo Guilherme, Marcelo Costa, Rafael Martins, Tiago Arrais e Carlos Hardy, em homenagem ao dramaturgo que dá nome ao teatro.

 

A programação terá início às 18 horas, no pátio externo do Teatro Carlos Câmara, com a coroação do rei e da rainha do Maracatu Vozes da África. Às 18h30, apresenta-se o Quarteto Cearense, uma das formações da Orquestra de Câmara Eleazar de Carvalho, que fez do Teatro Carlos Câmara, o TCC, seu espaço de ensaios, desde 2013. Às 19 horas acontece uma performance solo de dança, no hall do Teatro.

 

A apresentação intitulada “Carlos Câmara em Três Tempos: do autor ao teatro, do teatro ao futuro” terá início às 19h15, reunindo grandes nomes do teatro cearense: Ricardo Guilherme (responsável pela sugestão de batizar o espaço em homenagem a Carlos Câmara), Marcelo Costa, Rafael Martins e Tiago Arrais. Além do multiinstrumentista e compositor Carlos Hardy, um dos mais aplaudidos e promissores nomes da nova cena da música cearense.

 

O grupo Bagaceira de Teatro, um dos mais premiados das artes cênicas no Ceará, também participa da programação de retomada do TCC, apresentando o espetáculo “Meire Love”. Fechando a noite, a DJ Renatinha convida o público a “esticar” no pátio externo do Teatro, ao som de muita música brasileira, em clima dançante.

 

“É com muita satisfação que convidamos artistas e público a participar deste momento de retomada das atividades do Teatro Carlos Câmara, agora um equipamento da Secretaria da Cultura do Ceará, um espaço importante na história das artes cênicas no nosso Estado e que estamos devolvendo à sociedade, para que seja importante também no presente e no futuro”, destaca o secretário da Cultura do Governo do Estado, Paulo Mamede.

 

“Todos estão convidados a ocupar o teatro, participando da programação, que será definida por meio de uma convocatória, assistindo aos espetáculos, integrando-se às atividades para que o teatro esteja vivo, presente no cotidiano da cidade e das pessoas”, aponta o secretário.

 

Diretor do Teatro Carlos Câmara, o ator, dramaturgo e produtor cultural Fernando Piancó ressalta a missão do espaço, de promover a difusão da cultura por meio das artes cênicas, da música, das artes visuais e da intersecção entre essas e outras linguagens. “O Teatro Carlos Câmara está de volta, como um espaço para espetáculos de pequeno e médio portes, fomentando a nossa criação artística, abrigando diferentes linguagens e gerações, oferecendo ao público uma casa qualificada para a arte e a cultura”, enfatiza Piancó, também responsável pela programação deste dia 27/3.

 

TCC: ontem e hoje

 

Antes conhecido como Teatro da Emcetur (ou Teatrinho da Emcetur, para muitos dos que nele se apresentaram ou assistiram a espetáculos nas décadas de 70 e 80), o atual Teatro Carlos Câmara foi inaugurado em 1974, na gestão do governador Cesar Cals. O espaço recebia então jovens companhias teatrais e cantores, compositores e instrumentistas cearenses, além de atrações nacionais. Diversificado, o público contava com espectadores mais habituados ao circuito cultural e também com trabalhadores do Centro e turistas provenientes de várias regiões. Ao longo das décadas de 70 e 80, o equipamento se manteve como um dos mais ativos teatros da cidade, inclusive recebendo espetáculos de estreia de muitos atores, dramaturgos e músicos que viriam a se tornar nomes de destaque nas cenas cearense e nacional.

 

Fechado desde 1994, o teatro foi reinaugurado em 5 de setembro de 2012, pelo governador Cid Gomes, com o novo nome de Teatro Carlos Câmara. Totalmente reformado e modernizado, inclusive com ampliação da plateia, com a construção de um segundo piso (capacidade total para 368 espectadores), e com acessibilidade, tornou-se um novo espaço em potencial para as artes cearenses, tendo entre seus diferenciais a capacidade de receber espetáculos de pequeno e médio porte; a variedade de espaços de exibição e difusão, desde a sala principal até o hall e o pátio para apresentações e eventos ao ar livre; a localização privilegiada, no Centro da cidade, contribuindo para o esforço de requalificação da região e se somando a uma série de equipamentos culturais.

 

Em 2014, o Teatro Carlos Câmara, cedido pela Secretaria do Turismo à Secretaria da Cultura, volta à cena em definitivo. Com 110m² de palco e 8,4m² de proscênio (boca de cena), o espaço de 3.334m² de área total e de 2.664m² de área construída, sediou em fevereiro o lançamento dos Editais 2014 da Secult. Em 27 de março, a comemoração pelo Dia Mundial do Teatro marca o retorno do TCC ao público e à comunidade artística.

 

Programação e convocatória

 

O Teatro Carlos Câmara seguirá recebendo os ensaios da Orquestra de Câmara Eleazar de Carvalho e contará com uma programação diversificada, elaborada por meio de uma convocatória, a ser lançada em breve, da qual todos os interessados poderão participar. Através dessa seleção e do diálogo entre a direção do TCC e a Coordenadoria de Ação Cultural da Secult, será definida a programação do teatro para o primeiro semestre de 2014.

 

O teatro poderá ceder pauta para artistas, produtores e grupos interessados, que definirão os detalhes para a realização de seus espetáculos, inclusive com bilheteria. Porém, toda a programação própria, realizada pela Secretaria da Cultura, terá entrada franca.

 

Conforme ressaltam o secretário da Cultura do Estado, Paulo Mamede, e o diretor do TCC, Fernando Piancó, o objetivo é utilizar ao máximo o equipamento, contemplando diversas linguagens, do teatro à dança, da música popular ao humor, da música erudita à cultura tradicional popular, passando pelas artes visuais, com pequenas exposições, e pela realização de eventos como debates, minicursos e lançamentos de livros. Retoma-se, assim, a vocação do teatro como espaço de convergência de públicos e de fomento à difusão da arte e da cultura, no contexto de novos tempos para nossa cidade e nossa cena.

 

Serviço:

Reabertura do Teatro Carlos Câmara (Rua Senador Pompeu, 454, Centro). Programação especial quinta-feira, 27/3, a partir das 18h. Com Maracatu Vozes da África, Quarteto Cearense da Orquestra de Câmara Eleazar de Carvalho, Ricardo Guilherme, Marcelo Costa, Rafael Martins, Tiago Arrais, Carlos Hardy, Grupo Bagaceira e DJ Renatinha. Entrada franca.

 

ENTREVISTAS/MAIS INFORMAÇÕES:

9181-3595 – FERNANDO PIANCÓ – Diretor do Teatro Carlos Câmara

 

26.03.2014

Assessoria de Comunicação da Secult

Dalwton Moura / Raimundo Madeira / Sonara Capaverde (imprensa@secult.ce.gov.br / 85 3101.6761 – 8699.6524)