Exposição de artesanato no Dragão volta aos domingos com feira e música

4 de Abril de 2014

Que tal quebrar a rotina de marasmo do domingo? O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura vai fazer fuxicos dominicais a partir deste domingo (06), com feira, comida e música, sempre ao cair do sol. É o Fuxico no Dragão que retorna com 20 expositores de moda, design, produtos terapêuticos e alimentação, das 16 horas às 20 horas, na Arena Dragão do Mar. Para criar a levada certa, tem ainda DJ e artistas da terrinha embalando a feira.

 

Promovido pelo Dragão do Mar em parceria com a Vagalume Produção Cultural e Comunicação, o Fuxico no Dragão vem para agitar os domingos de Fortaleza, oferecendo uma feira com o trabalho diferenciado do crescente mercado de jovens designers e artesãos da cidade. “Toda grande cidade tem uma boa feira aos domingos. Queremos fazer do Fuxico no Dragão essa feira tradicional e de referência”, afirma o presidente do Instituto Dragão do Mar, Paulo Linhares.

 

Produtora da Vagalume, Renata Sampaio salienta que não é “qualquer feira, é um negócio de qualidade”. Entre os vinte expositores escalados, estão ilustrações, fanzines e objetos personalizados de Fernanda Meireles; os cartões postais do Fortaleza Minimalista; as blusas estampadas de Caio Dias; as bolsas e acessórios da Catarina Mina; os produtos artesanais e terapêuticos da Verde Cura; além das comidas do Mambembe, da Kerla Alencar e Bebeta Cup Cakes.

 

“Tem muita gente nova da moda, do design, do estilismo e da gastronomia produzindo coisa de qualidade em Fortaleza. Estamos reunindo parte dessa turma para fazer um mercado de arte”, pontua Renata. O diretor de Ação Cultural do Dragão, João Wilson Damasceno, acrescenta ainda o ambiente de sociabilidade que o Fuxico no Dragão trará. “Estamos aproveitando esse espaço de convivência que criamos com os cafés e o cinema do Dragão para abrigar a feira. E, para criar um clima envolvente, teremos ainda apresentações musicais mais intimistas que homenageiam, neste mês, o chorinho”, pontua.

 

A escolha do chorinho para embalar o Fuxico no Dragão neste mês se aproveita do Dia Mundial do Choro, no dia 23 de abril, data de aniversário de um dos seus maiores expoentes desse estilo, Pixinguinha. Na estreia do Fuxico, no dia 6, tem o DJ Rafa Brito e Carlinhos Patriolino. No domingo seguinte, dia 13, é a vez do DJ Darwin Marinho e da dupla Soledad e Bedê. No dia 20, o DJ Estácio Facó assume junto do bandolim de Macaúba. “A ideia da música aqui é criar um ambiente. A música vai ser baixinha, intimista, para dar um clima mesmo de tranquilidade, de fuga dessa agitação tão natural hoje das grandes cidades”, define Renata Sampaio.

 

Como o dia 23 de abril não pode passar em branco – ainda que não seja domingo – Tarcísio Sardinha e Bárbara Sena e a DJ Renatinha fazem a especial noite do chorinho. Paralelamente às apresentações do dia 23, o artista Rafael Limaverde irá fazer surgir, com a arte do grafite, sua versão do mestre Pixinguinha.

 

Neste mês de abril, o Fuxico no Dragão só não será realizado no dia 27, por conta do Dragão Fashion. Mas, depois, retoma os percursos dominicais normalmente pelos meses seguintes com nova programação de apresentações musicais e expositores.

 

Serviço:

 

Fuxico no Dragão
Dias: 6, 13 e 20. E, a partir de maio, todos os domingos.
Hora: das 16h às 20h
Onde: Arena Dragão do Mar
Gratuito

 

Fuxico no Dragão – Especial Chorinho
Dia: 23 de abril
Hora: a partir das 17h
Onde: Espaço Rogaciano Leite Filho
Gratuito

 

Programação

 

Dia 6

16h às 18h30 – DJ Rafael Ary: Discoteca desde 2009 em bares, casas de show e eventos particulares, para onde leva a diversidade da música brasileira. Tem MPB, samba, chorinho, regional, samba-rock, pop rock, anos 80. Para o Fuxico no Dragão, trará mais do chorinho e estilos afins.

18h30 às 20h – Carlinhos Patriolino: Em comemoração ao mês do choro, o músico preparou um show com ênfase no seu trabalho autoral e na obra de três grandes nomes do choro, são eles: Pixinguinha, Jacob do Bandolim e Waldir Azevedo. Carlinhos Patriolino traz para o público releituras de clássicos com arranjos únicos feitos por ele e com um tom jazzístico característico do seu estilo. No show, Carlinhos Patriolino será acompanhado pelo trio formado por: Brenna Freire, Hoto Junior e Rebeca Câmara. Biografia: Carlinhos Patriolino é um virtuoso músico brasileiro. Multi-instrumentista autodidata, aos treze anos de idade já surpreendia tocando bandolim, guitarra e violão ao lado de músicos profissionais. Durante a sua carreira trabalhou ao lado de artistas consagrados da MPB como Amelinha, Ednardo, Fausto Nilo, Sandra de Sá, Zélia Duncan, Chico César, Alcione, Emílio Santiago, Orlando Morais, Paulinho Moska, Wilson Simonal, Altamiro Carrilho, Sivuca, Paulo Moura entre outros.

 

Dia 13

16h às 18h30 – DJ Darwin Marinho: É DJ residente no Mambembe – Comida e outras Artes e integrante do coletivo FERTINHA. Com foco na pesquisa de repertório, seus sets criam pontes entre a música brasileira contemporânea e seus desdobramentos, influências e raízes. Também traz o tema chorinho em sua apresentação no Dragão do Mar.

18h30 às 20h – Soledad e Bedê: Moacir Bedê teve seu encontro com a música ainda pequeno, na escola de samba de seu pai e irmão. Assim, Bedê deu início à sua empreitada musical, encontrando-se no samba, choro e maxixe – inspirações para improvisar em suas cordas. Com isso em mente e à convite de Renata Sampaio, Moacir Bedê se reúne com a jovem cantora Soledad, que é também atriz e Gata Pira e um dos novos nomes da música cearense, para montar um show onde eles se transformarão em “chorões” , homenageando os principais nome do chorinho, como Pixinguinha e Ademilde Fonseca.

 

Dia 20

16h às 18h30 – DJ Estácio Facó

18h30 às 20h – Macaúba do Bandolim: José Felipe da Silva,(71 anos) filho de seu Walter, bandolinista diletante, ganhou o apelido de Macaúba aos 13 anos de idade quando iniciou a tocar bandolim tendo vivido grande parte de sua vida e sua história musical, em rodas de choro e samba convivendo com grandes nomes da música cearense desenvolvendo assim seu talento autodidata e a paixão pelo bandolim, instrumento que já faz parte de sua história familiar.  Tem se apresentado em grandes palcos interpretando clássicos de Jacob do Bandolim, Benedito Lacerda, Chiquinha Gonzaga, Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Waldir Azevedo, João Pernambuco, Dilermano Reis e muitos outros num repertório de mais de duzentos chorinhos, inclusive choros autorais e de músicos cearenses. Destacou-se como músico e, com seu trabalho e talento, garantiu o respeito e admiração do grande público, recebendo inúmeras homenagens inclusive do Clube do Choro de Brasília, da onde é sócio honorário. Macaúba que, para muitos de nós, representa uma lenda viva na história da música brasileira, vem contribuindo para preservar o chorinho, este estilo musical que apesar de mais de cem anos ainda continua em evidência.

 

Dia 23

Noite especial do Chorinho – no Espaço Rogaciano Leite Filho

17h – DJ Renatinha: Discoteca música brasileira com toda sua potência, da contemporaneidade aos tempos mais remotos. Nasceu na Bahia, longe da sua casa, o Ceará. Filha do pesquisador de música Osmar Onofre, ex-estudante de Sociologia, graduada em marketing e produtora cultural. Quando se deu conta, o gosto pela música, cultivado em casa, virou modo de estar na rua, inventando territórios de alegria com os outros. ”Priorizo o repertório em relação a técnica, me interesso pela boniteza da palavra e da poesia na nossa música”. PROJETOS DE SUA AUTORIA – Long Play, Música de Cabeceira, Paratodos, Festa da Irene, Baile dos Contentes.  No dia 23 de abril, Renatinha fará o projeto Long Play especial chorinho, em que fará discotecagem analógica com participação das preferências do público.

19h – Tarcísio Sardinha, com participação especial da filha Bárbara Sena.

17h às 21h – Rafael Limaverde faz sua versão do Pixinguinha em grafite. Nascido em Belém/PA, 38 anos, naturalizado cearense, formado em Artes visuais pelo Instituto Federal do Ceará (IFCE), xilogravurista e ilustrador. Baseia seu trabalho na simbologia, no imaginário, na história, nos objetos, templos e rituais que compõe a experiência transcendental humana.

 

EXPOSITORES*

 

ROUPAS, BOLSAS E ACESSÓRIOS

1. JON: roupas masculinas e acessórios

2. LOVE SHIRTS: camisetas                                         

3. MOLLY BLOOM: bolsas, acessórios e bijouterias

4. ESPINHO E FULÔ: bolsas e carteiras em couro

5. CAIO DIAS: roupas

6. BIZZI: bolsas , cintos e pulseiras e acessórios em couro

7. THALES ANGERT:  mochilas

8. DAMI CRUZ: roupas e acessórios

9. EFEITOS VISUAIS: camisetas e bolsas

10. TAO ACESSORIOS: vestidos

 

ILUSTRAÇÕES, DESENHOS, QUADROS E CADERNOS ARTESANAIS

11. D. ALBANO e MYCHEL TC: ilustrações e gravuras

12. VALBER BENEVIDES: canecas e caricaturas ao vivo

13. FORTALEZA MINIMALISTA: ilustração e cartões postais

14. MONO ideias aparentes: cadernos artesanais

15. INTORPECIDADE: quadros, desenhos e fotografia

16. ALBA ALVES: aquarelas e desenhos em nanquim

17. GUARDERIA DOS MENINOS: imãs e botons

 

DECORAÇÃO

1. CAMOMILA: acessórios de casa

2. SACOLEIRA: ilustrações, boneca e objetos de pano, almofadas

3. FERNANDA MEIRELES: ilustrações, fanzines, cartões, objetos para casa com desenhos à mão

4. AYRTON PESSOA: quadros e ilustrações

5. FABER CO.CRIAÇÃO:  cerâmica

6. MARCIO SANTOS Arte Vinil: relógios em discos de vinil

 

BIJOUTERIAS

1. CLAUDIO QUINDERÉ: próximo mês

2. CATARINA MINA: bijouterias, bolsas e acessórios

PRODUTOS TERAPÊUTICOS E NATURAIS

3. VERDE CURA: produtos artesanais, terapêuticos e sabonetes

 

COMIDINHAS

4. MAMBEMBE: petiscos e bebidas

5. KERLA ALENCAR: pão integral

6. BEBETA CUP CAKES: cup cakes salgados

7. EL LARICON: comidas veganas

* Relação confirmada até esta data.

 

04.04.2014

Assessoria de Comunicação do Instituto Dragão do Mar

Luciana Vasconcelos (imprensa@dragao.org.br / 85 3488.8617)