Missão da Nicarágua conhece projeto em saneamento rural da Cagece

7 de maio de 2014

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) recebe nesta quinta-feira (08) a visita de um grupo de representantes do Fundo de Investimento Social de Emergência da Nicarágua. O grupo de autoridades permanece em Fortaleza até sábado (10) com o objetivo de conhecer as instalações do Sistema Integrado de Saneamento Rural (Sisar). O Banco Mundial será responsável por trazer a comitiva para realizar a visita.

 

A abertura da programação contará com apresentação do Projeto de Saneamento Rural existente na Nicarágua, implantado também com o apoio do Banco Mundial e uma Cooperação Suíça. Logo após, haverá a exibição do projeto de gestão do Sisar, que garante abastecimento para regiões rurais. O primeiro dia segue com uma visita à com unidade Tanques em Maranguape. Ao final do dia, a equipe se deslocará para o município do Trairi, onde conhecerá sistemas de abastecimento pertencentes ao Projeto Sisar.

 

Na sexta-feira, o grupo conhecerá o funcionamento do Sisar localizado em Itapipoca. Ainda no dia 09, visitarão os sistemas de Emboaca e Cambôas, que estão localizados nos municípios de Trairi e Paraipaba, respectivamente. A programação encerrará com uma avaliação final da visita e, no último dia 10, será o encerramento com todos os participantes.

 

Sistema de Saneamento Rural

 

O Sisar é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, supervisionada pela Cagece e formada por associações participantes, pertencentes à mesma bacia hidrográfica no Ceará. A finalidade é gerenciar os sistemas de abastecimento de água de comunidades rurais de forma comunitária.

 

O modelo é referência mundial em sistemas de abastecimento rural, já tendo sido apresentado para diversos países como Índia, México, Alemanha, Equador e El Salvador.

 

O Sisar permitiu que localidades do interior do Ceará conseguissem administrar, de maneira independente, seus próprios recursos hídricos. A manutenção e apoio técnico provido pela Cagece, permitiu que o Sistema fosse reconhecido por diversas organizações mundiais devido à forma de funcionamento e à eficiência.

 

07.05.14

Assessoria de Comunicação da Cagece

Sabrina Lemos (85 3101.1826 / 3101.1828 / 8878.8932)