Sesa alerta para promoção da saúde no Dia do Homem

14 de julho de 2014

Com um alerta para a prevenção e promoção da saúde do homem, a Secretaria da Saúde do Estado realiza mobilização no Shopping Benfica, na Avenida Carapinima, 2200, nesta terça-feira, 15 de julho, com ações informativas e educativas sobre doenças sexualmente transmissíveis, distribuição de preservativos e combate ao tabagismo. A atividade marca o Dia do Homem, comemorado em 15 de julho no Brasil.

 

Em Fortaleza, 3,8% dos homens maiores de 18 anos avaliam negativamente o seu estado de saúde, conforme o Vigitel 2013 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), realizado pelo Ministério da Saúde. Com relação aos fatores de risco, segundo o levantamento, 10% dos homens são fumantes, 54,2% estão com excesso de peso (Índice de Massa Corporal maior que 25kg/m2), 19,4% são obesos (Índice de Massa Corporal maior que 30 kg/m2), 18,5% têm diagnóstico médico de hipertensão arterial, 6,9% têm diagnóstico de diabetes e 13,2% têm diagnóstico de dislipidemia (presença elevada de gorduras no sangue, como colesterol e triglicérides).

 

Na rotina da atenção à saúde do homem, o Centro de Saúde do Meireles, unidade da Secretaria da Saúde do Estado, localizado na Avenida Antônio Justa, 3113, Meireles, funciona também à noite como opção de atendimento à população masculina. A implantação do turno noturno, que funciona de segunda à sexta-feira, das 17h às 21h, é uma estratégia que possibilita o atendimento em saúde aos homens, para que não haja o comprometimento de um dia de trabalho, pretexto muitas vezes usado para não cuidarem da própria saúde.

 

O atendimento tem início com um médico em clínica geral. Depois da consulta, o médico pode encaminhar o paciente para a realização de exames laboratoriais, como de sangue urina, e mais complexos, a exemplo da ultrassonografia de próstata, pélvica e abdominal,  feitos no próprio Centro. Dependendo do diagnóstico inicial, o paciente é encaminhado aos especialistas nas áreas de cardiologia, urologia, serviços em enfermagem, pequenas cirurgias e ginecologia, também sem sair do Centro. Todas essas especialidades são ofertadas no Meireles. A ginecologia assegura o tratamento conjunto das parceiras, como em doenças sexualmente transmissíveis entre o casal.

 

Segundo o Censo 2010, divulgado pelo IBGE, há 96 homens para cada 100 mulheres no Brasil. No Ceará, Fortaleza é a cidade com a maior porcentagem de mulheres, com 53,2% da população total, índice que corresponde a 156.349 mulheres a mais que a população masculina, que representa 46,8%. Estudos mostram que os homens são mais acometidos por enfermidades graves e crônicas. No Brasil, os homens vivem 7,6 anos, em média, a menos do que as mulheres. O Ministério da Saúde lançou, em 2009, a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, para promover a melhoria das condições de saúde da população masculina no Brasil, contribuindo, de modo efetivo, para a redução da mortalidade desse grupo, através do enfrentamento racional dos fatores de risco e da facilitação do acesso aos serviços de assistência à saúde.

 

14.07.2014

 

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá /  (  selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 / 3101.5221)