Linha Leste: obras da Estação Edson Queiroz muda retorno na Washington Soares

11 de dezembro de 2014

O retorno da avenida Washington Soares (CE-040) entre as ruas Dr. Valmir Ponte e Dr. Carlos Ribeiro Pamplona será mudado para o prosseguimento das obras de construção da estação Edson Queiroz da Linha Leste do Metrô de Fortaleza. A mudança começa a valer a partir deste sábado (13), com a implantação de semáforo. Dessa forma, o motorista que seguir pela Washington Soares, no sentido sertão/praia, caso queira realizar o retorno em frente ao Fórum Clóvis Beviláqua, deverá entrar à direita na rua Desembargador Floriano Benevides Magalhães, à esquerda na rua Segundo da Costa, à direita novamente na rua Dr. Carlos Ribeiro Pamplona, alcançando novamente a avenida. Dali convergir no retorno à esquerda no semáforo a ser implantado.

 

Já o motorista que quiser acessar a avenida Almirante Maximiano da Fonseca, terá agora que, ao invés de entrar na rua Nelson Studart, chegar a semáforo a se implantado, seguir pela rua Otacílio Mota, à direita na rua Miguel Dibe, esquerda na rua Nelson Studart e direita na rua Caio Cid até alcançar o sinal na avenida Almirante Maximiano da Fonseca. O fluxo na Washington Soares não será interrompido em nenhum dos dois sentidos.

 

Linha Leste

 

A Linha Leste do metrô terá 13 km de extensão, sendo 12 km subterrâneo e 1 km em superfície. A linha – a ser implantada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Infraestrutura do Estado (Seinfra), será operada com trens elétricos. O Orçamento de R$ 3,25 bi já tem recursos garantidos pelo OGU, financiamento BNDES, PPP e Governo Estadual. Os trabalhos devem ficar prontos em cinco anos.

 

O projeto da Linha Leste prevê a construção de onze estações: Estação Catedral, Colégio Militar, Luíza Távora, Nunes Valente, Leonardo Mota, Papicu, HGF, Cidade 2.000, Bárbara de Alencar, CEC e Edson Queiroz. A estação Tirol, já existente, fará a integração com a linha Oeste e a Leste, e a Chico da Silva (também já implantada) fará a integração com a Linha Sul. A previsão é de que a Linha Leste atenda 400 mil usuários por dia quando integrado com os demais modais de transporte, em viagens com percurso de 17 minutos.

 

O trajeto da Linha sairá do Centro, seguindo a calha da Avenida Santos Dumont, passando pelo terminal Papicu, onde ocorrerão as integrações com o VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) e Terminal de ônibus do Papicu. O percurso continuará pela área do HGF e Cidade 2000, passando por baixo do Rio Cocó em direção a Estação Bárbara de Alencar, já no bairro Edson Queiroz. A partir daí a linha segue sob a Avenida Washington Soares, atendendo ao Centro de Eventos do Ceará (CEC), Fórum Clóvis Beviláqua e Universidades próximas, solucionando os problemas de mobilidade urbana da Região. Com todas as integrações, o projeto se torna um marco no desenvolvimento da Cidade de Fortaleza, atendendo com rapidez, segurança e conforto seus usuários, melhorando a qualidade de vida da população.

 

 

11.12.2014

Assessoria de Comunicação da Seinfra

Marco da Escóssia (85 8898.4318 – 3216.3764)

Twitter: @seinfrace