Ceará bate novo recorde de vacinação contra a febre aftosa

24 de dezembro de 2014

O Estado do Ceará voltou a superar a meta de vacinação do rebanho estabelecida pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) contra a febre aftosa. De 3 novembro a 3 de dezembro deste ano, na segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, mais de 94% do rebanho cearense foi vacinado e mais de 88% das propriedades rurais foram imunizadas.

 

“Foi um recorde, em se tratando de segunda etapa, sentimos o comprometimento dos nossos produtores em manter o Ceará como zona livre internacional de febre aftosa com vacinação”, comemorou o presidente da Agência de Defesa Agropecuária, Augusto Júnior.

 

Neste momento, já acontece a etapa de pós campanha, quando os fiscais da ADAGRI visitam as propriedades que não declararam a vacinação do rebanho para fazer a vacinação assistida do rebanho. “Os animais que não foram vacinados não podem ser transportados nem comercializados”, informou o coordenador da campanha de vacinação contra a febre afotsa no Ceará, Joaquim Sampaio.

 

Na primeira etapa da vacinação, ocorrida em maio deste ano, houve a vacinação de 94,5% do rebanho e a imunização de 88% das propriedades. Atualmente o rebanho do Ceará é de aproximadamente 2,6 milhões de animais bovinos e bubalinos segundo a ADAGRI.

 

Este ano, o Ceará foi reconhecido como zona livre de febre aftosa com vacinação, daí a necessidade de continuar havendo, anualmente, duas campanhas de vacinação. “Graças à vacinação conquistamos o título de zona livre internacional, com isso nossos produtos de origem animal já podem ser exportados assim como pode haver a comercialização com todo o Brasil sem a necessidade de vacinação”, comemorou o secretário Nelson Martins.

 

24.12.2014

Assessoria de Comunicação da SDA

Lúcio Filho (asscom@sda.ce.gov.br / 85 3101.8105 – 8897.8510)

Mariana Galvão – estagiária de Jornalismo

Twitter: @ImprensaSDA