Setor de Flores cresce 11% em um ano no Ceará

7 de Maio de 2015

Apesar da crise econômica, o setor de floricultura do Ceará segue em franco crescimento no Estado. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor), de 2013 para 2014, aumentou em 11% seu faturamento, passando de R$ 141,125 milhões para R$156,933 milhões. O resultado coloca o mercado cearense como o oitavo no Brasil, em valores comercializados. 

Esse desempenho deve ser potencializado em virtude da comemoração do Dia das Mães, uma vez que as flores representam 7,3% das intenções de compra do fortalezense, de acordo com uma pesquisa divulgada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Ceará (Fecomércio-CE). Em busca de maior variedade e melhores preços, muitos consumidores apostam nas feiras temáticas, comuns neste período. Uma delas é a tradicional Feira Flor e Artesanato Dia das Mães, que chega a sua 31ª edição este ano. 

O Coordenador do Setor de Floricultura do Instituto Agropolos do Ceará, Alexandre Maia, destaca que, para os produtores, a feira representa uma importante oportunidade de divulgação de produtos e de Flor1fechamento de parcerias. “A feira estimula o consumo, pois o produtor realiza negócios diretamente com o consumidor final, sem a necessidade de atravessadores. Isso barateia o custo dos produtos e ajuda a divulgar ainda mais o produto ‘flor’ junto à população”, afirma Alexandre.

Ainda segundo o coordenador do Agropolos, atualmente, destacam-se no mercado cearense a produção de rosas, na região da Ibiapaba, e de Crisântemos, tanto na serra de Ibiapaba como na região serrana do Maciço de Baturité. “O cultivo de flores e folhagens tropicais, forte no Maciço de Baturité, também é muito importante para o Ceará”, finaliza.

Feira
A 31ª edição da exposição Feira Flor e Artesanato na Ceasa terá como tema o Dia das Mães. O evento que é realizado pela Centrais de Abastecimento do Ceará (Ceasa/CE), acontecerá nos dias 7, 8 e 9 de maio, das 7h às 13h, no entreposto de Maracanaú. O evento reunirá cerca de 30 expositores, entre produtores e comerciantes de flores e artesãos com o objetivo de promover os produtos cearenses e proporcionar à população a possibilidade de prestigiar e presentear amigos e familiares a preços acessíveis. 

Entre os produtos, que devem variar de R$2 até R$ 60, estarão as flores de vaso e de corte, plantas ornamentais, exóticas, arranjos, aromáticas, medicinais e orquídeas, além de trabalhos em crochê, bonecas de pano, arranjos, biscuit e produtos em madeira. Durante a feira haverá oficinas de nutrição de plantas, montagem de arranjos, pintura e biscuit. As aulas serão ministradas pelos próprios produtores de flores e artesãos de Maracanaú. Os interessados podem se inscrever no local nos dias da feira.

Este ano, a feira terá o apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Maracanaú que ofertará os serviços de aferição de pressão, testes rápidos de HIV e Sífilis, orientações sobre câncer de boca, higiene bucal, saúde da mulher e distribuição de preservativos. Haverá também a presença de agentes de endemias orientando sobre a prevenção contra a dengue. A entrada da 31ª Feira Flor e Artesanato na Ceasa é gratuita. O evento acontece no Pátio Coberto da Ceasa, entre os Bancos do Brasil e Bradesco, e espera alcançar uma arrecadação de pelo menos R$ 30 mil.

Serviço:

Data: 7, 8 e 9 maio 
Horário: 7h às 13horas
Endereço: Ceasa (Av. Mendel Steinbruch, S/N. Pajuçara – Maracanaú/CE)
Contato: 85 3299.1701 / 3299.1237/ 88174743
Entrada: gratuita

07.05.2015

Assessoria de Comunicação da Ceasa Ceará
Karla Camila – (85) 3299.1701 ou 8817.4743 
imprensa@ceasa-ce.com.br
Twitter: @ceasace

Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br / (85) 3466.4898