Instituto Centro de Ensino Tecnológico tem novo presidente

7 de Maio de 2015

O Conselho de Administração do Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) referendou no final da tarde de ontem (06/05), durante reunião extraordinária na Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), a indicação do engenheiro Francisco Lopes Viana para assumir a presidência do Centec.

Segundo o secretário da Secitece, Inácio Arruda, que também preside o Conselho, a indicação foi muito feliz. Ele acredita que Viana terá grandes contribuições a fazer para a instituição e para o Estado, por ser um gestor experiente e um técnico competente.

O secretário ressaltou ainda o bom trabalho realizado pelo atual presidente, Francisco Ferrer Bezerra: “As contribuições do Ferrer foram muito importantes para o Centec e sei que foi um esforço coletivo, pelo conjunto de gestores e equipe técnica que ele recomendou para lhe acompanhar neste período”, disse.

Inácio declarou que o Centec é hoje uma instituição reconhecida nacionalmente, especialmente pela tecnologia dos Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs), que foi difundida para todo o Brasil. “O Centec é uma instituição muito respeitada e é uma referência também no plano nacional. O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) expandiu a experiência dos CVTs a nível nacional, a partir da experiência do Centec no Estado do Ceará”, disse.

Viana já assumiu vários cargos públicos, dentre eles, a presidência da Funceme e da Cogerh (Companhia de Gestão de Recusos Hídricos), foi o Superintendente de Outorga e Regulação da Agencia Nacional de Água (ANA). Atualmente, Francisco Viana é Secretário Executivo do Conselho de Altos Estudos da Assembleia Legislativa.

A indicação foi aprovada por unanimidade pelos seis conselheiros presentes. A cerimônia de assinatura do Termo de Posse do novo presidente está prevista para acontecer na segunda-feira (11/05).

O atual presidente geriu a instituição no biênio 2013-14 e possui experiência na Fiec e Embrapa. Durante a reunião, Ferrer agradeceu ao Conselho pela confiança a ele depositada e entregou aos conselheiros dois documentos: o relatório da sua gestão e o “Plano Estratégico de Educação Profissionalizante do Instituto Centec”, produzido por meio de uma consultoria externa com a IBM.

Ferrer ressaltou que o Centec deve ser visto, pela Secitece, como um espaço de vazão da Ciência e da Tecnologia para todo o Ceará e que este é o momento de redesenhar o papel da instituição. “Acredito que o Centec precisa expandir suas ações de qualificação para as regiões menos atendidas, como o Sertão dos Inhamuns, Ibiapaba e Litoral Oeste, tirando proveito da capilaridade operacional e da competência da instituição e da equipe de colaboradores em trabalhar de forma integrada com outras organizações públicas e privadas”, recomendou.

O representante do corpo técnico administrativo do Centec, Jerônimo Lima, destacou alguns dos avanços realizados por esta gestão. “Tivemos uma grande melhoria no clima organizacional, com o fortalecimento do trabalho em equipe, do respeito e do companheirismo. E acredito que isso criou uma excelente base para o próximo presidente realizar uma gestão eficiente e que faça o Centec continuar crescendo”, disse.

Jardel Paixão, diretor da Faculdade de Tecnologia Centec (Fatec) Sertão Central, em Quixeramobim, e representante suplente dos professores do Centec, afirmou que o Centec realizou, neste período, um salto na qualidade do ensino e na política de valorização dos egressos, com a nomeação de dois ex-alunos como diretores nas duas faculdades.

“Gostaria de reforçar que o Centec, com as Fatecs, CVTECs e CVTs, possuem um papel social muito importante para o Estado. Temos um alto índice de empregabilidade dos nossos ex-alunos. Na Fatec Sertão Central o índice é de 79% para os egressos do curso superior de Tecnologia em Alimentos e de 82% para os profissionais do Agronegócio”, informou.

Seguindo as últimas alterações na Lei Estadual das OS (Organizações Sociais), o Centec possui um Conselho de Administração presidido pelo Secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece) e composto por seis membros, representantes da Seduc, Fiec, Faec, corpo docente, corpo técnico administrativo e um membro de notória capacidade.

O Instituto Centec foi criado em 9 de março de 1999 e é uma sociedade civil de direito privado sem fins lucrativos, que foi qualificada pelo Governo do Estado do Ceará como Organização Social (OS), através do Decreto nº 25.927, de 29 de junho de 2000. A instituição possui 44 unidades operacionais que oferecem cursos básicos, técnicos e superiores, em todas as regiões do Estado do Ceará, por meio de Contrato de Gestão com a Secitece.

 

 

07.05.2015

 

Caroline Avendano
Assessora de Imprensa do Instituto Centro de Ensino Tecnológico
85 3066.7030 | 9949.1534
carol@centec.org.br

 

Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias

 

Coordenadoria de Imprensa
Casa Civil – Governo do Estado Ceará
85 3466.4898