Hospital de Messejana capacita profissionais de outros Estados para transplante cardíaco

23 de julho de 2015

    O Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM) começa a capacitar profissionais de outros Centros de Saúde do país para a realização do transplante cardíaco. Nesta segunda-feira (27), às 11h, acontecerá a primeira aula do Projeto de Tutoria em Doação de Órgãos e Transplantes, no auditório B, do HM. A Instituição está a frente da iniciativa que terá duração de dois anos e tem projeto orçado em 4 milhões e meio de reais, recursos já estão assegurados pelo Ministério da Saúde.

 

    Serão treinados para realizar o transplante de coração 60 profissionais de cinco grandes hospitais brasileiros: Hospital Ana Nery (Salvador), Hospital Universitário de São Luis (MA) ,Hospital Meridional de Vitória do Espírito Santo, Hospital dos Servidores Federais do Rio de Janeiro e o Hospital do Coração de Natal (RN). Trinta profissionais do Hospital de Messejana estão envolvidos na realização do curso, que terá professores brasileiros e de outros países. O curso em nível de especialização terá 360 horas de aula e irá envolver médicos clínicos, cirurgiões, ecocardiografistas,  infectologistas, enfermeiros,nutricionistas e psicólogos.

 

    “Trazer para o Nordeste treinamentos desse tipo, que normalmente acontecem em grandes instituições de São Paulo, mostra que o Hospital de Messejana é uma liderança consolidada no âmbito do transplante cardíaco nos pais” revela o coordenador, o Projeto da Tutoria em Doação de Órgãos e Transplantes, Juan Mejia.

 

    As aulas do Curso de Tutoria em Doação de Órgãos e Transplantes serão realizadas a distância, através de vídeo conferência, quando todos os alunos participarão em tempo real. O tema da primeira aula será “A importância da Educação a distância na transparência do conhecimento em programa de alta complexidade” e será ministrada pelo professor Luiz Roberto de Oliveira, do Núcleo de Ensino à Distância da Universidade Federal do Ceará.

 

    “Com o curso, formaremos novos quadros de profissionais e possibilitaremos o aumento do número de transplantes cardíacos no país”, explicou o coordenador cirúrgico do Programa de Transplante Cardíaco do Hospital de Messejana, Juan Alberto Mejia.

 

 

23.07.2015

 

       
Assessoria de Imprensa do Hospital de Messejana
Stella Magalhães –  Mtb CE01714JP
Contato: (85) 3101-4092

Giselle Dutra
Gestora de Célula/Secretarias

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado – Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br
 (85) 3466.4898