#Cearáemférias: Secult promove programação especial para a reta final das férias

30 de julho de 2015

 

Com cinema, teatro, música, circo e exposições, a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) preparou uma programação especial para a última semana de férias. Em diversos equipamentos da Secult, o público poderá desfrutar uma programação bem variada, com shows, concerto, espetáculos de circo, teatro, dança, rock pesado, contação de histórias, clássicos do cinema e mais estreias, além de exposições. As atividades seguem todos os dias até domingo (2/8), e contam com entrada franca ou ingressos populares.

A música vem representada nesta semana pela Orquestra Sinfônica da UECE, pelo “Música para Teatro” (projeto que apresenta a trilha sonora feita para espetáculos teatrais de Fortaleza), pelo rock pesado do Forcaos, pelo blues, do guitarrista Artur Menezes, com direito a lançamento de seu terceiro disco “Drive Me”, e ainda pelo Trio de Cordas Elétricas, com apresentação no Pôr do Som, do Dragão do Mar, e pela banda Selvagens à Procura da Lei.

 

 

+ Rock Pesado

 

 

Nesta quinta-feira (30), começa o Forcaos, com seminários, cursos e shows de rock pesado, seguindo até domingo, 2 de agosto, fazendo tremer o Dragão do Mar. Sexta-feira, o Blues ganha o anfiteatro e o auditório do equipamento da Secretaria da Cultura, no Dragão Blues, a partir das 19h30, sendo seguido pelo lançamento do 3º disco do guitarrista cearense Artur Menezes. O Por do Som traz o Trio de Cordas Elétricas, em apresentação ao ar livre e os Selvagens à procura da Lei, no Teatro do Dragão, no sábado (1/8).

 

Marta Aurélia no Porto Iracema das Artes e Mona Gadelha no TJA

 

 

A cantora Marta Aurélia sobe ao palco do Porto Iracema das Artes, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, no sábado dia (1/8), com o Show “Acesa”. Já no domingo (2/8), será a vez do Theatro José de Alencar receber, no Foyer, a partir das 17h, a dupla formada por Mona Gadelha e o compositor e pelo pianista Francisco Casaverde. Uma excelente oportunidade de relembrar a Massafeira Livre. Parceiros musicais e amigos desde a realização do encontro musical ocorrido em 1979, trarão ao show interpretações em voz e piano, de composições próprias e de outros artistas cearenses.

 

 

Respeitável turma, tem Festival de Circo no Dragão

Integrando a programação do final de férias no Dragão, outra linguagem cultural ganha destaque: o circo. É que será realizado a partir de sexta-feira (31) a domingo (2/8), às 18h, na Praça Verde do Centro Dragão do Mar, o Festival de Circo do Ceará. Uma ação gratuita, promovida com o apoio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, e apoio institucional da Coelce.  

 

Também na sexta-feira (31), um grupo pra lá de especial aqui nas terras cearenses, o Carroça de Mamulengo, realiza apresentações no Dragão do Mar, agregando as diversas linguagens artísticas, como dança, teatro, teatro de bonecos, e elementos do circo, tudo com uma grande referência da cultura popular. Imperdível.

 

 

Minions, Jurassic World e “Casablanca

 

A partir desta quinta-feira (30), o Cineteatro São Luiz retoma sua programação de filmes, em uma nova experiência de destaque para a produção audiovisual local, em que todos os longas-metragens serão precedidos de curtas de autores cearenses. Iniciando a programação teremos as sessões “Café com Curtas”, realizadas às quintas e sextas, às 12h30, com exibição de curtas-metragens de diretores cearenses. A atividade tem entrada franca e dá direito a cafezinho. Quinta-feira (30) serão exibidos “Monte Pedral”, de Marcley de Aquino, e “Jus”, de Marcelo Dídimo. Neste mesmo dia, às 15h o São Luiz apresenta o longa “Rânia”, de Roberta Marques, na sessão “Cinema do Ceará” (classificação indicativa 14 anos) e  às 18h, na sessão sonora, nova oportunidade para assistir ao documentário musical “Cauby”, de Nelson Hoineff, sobre um dos maiores intérpretes brasileiros de todos os tempos, Cauby Peixoto.

 

Na sexta-feira (31), às 12h30, a sessão “Café com Curtas” exibe “Memórias do Edifício São Pedro”, de Rebeca Prado, e “Raimundo dos Queijos”, de Victor Furtado. Do cearense Leonardo Mouramateus, o Cinema do Ceará, apresenta às 15h, o “Lagoa Remix” e logo após, em  primeira temporada de exibição no São Luiz, teremos ainda “Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros” (2015), do norte-americano Colin Trevorrow (classificação indicativa: 12 anos). Às 18h, na sessão “Nossos Clássicos”, o São Luiz traz o “Bem me quer”, filme de Levi Magalhães, de 2014. E, dando sequência será apresentado o clássico “Casablanca”, de 1942, dirigido por Michael Curtiz (classificação Indicativa: 12 anos), com os eternos astros Humphrey Bogart e Ingrid Bergman.

 

No sábado (1/8), a programação da sessão matinês começa às 11h, com um dos filmes de animação mais concorridos pelo público infanto-juvenil, os“Minions”, de Chris Renaud (EUA, 2015, classificação livre, dublado). No turno da tarde, também no sábado, às 15h tem nova sessão com “Lagoa Remix”, do cearense Leonardo Mouramateus, e de “Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros” (2015), do norte-americano Colin Trevorrow (classificação indicativa: 12 anos). Já à noite, às 18h, a sessão “Nossos Clássicos”, traz nova oportunidade para os amantes do cinema assistirem a “Bem me quer”, filme de Levi Magalhães, de 2014, e ao clássico “Casablanca”.

 

No domingo (2/8), segue a mesma programação, com as sessões de 15h e 18h. Às 15h com ““Lagoa Remix”, do cearense Leonardo Mouramateus, e “Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros” (2015). Às 18h, com “Bem me quer”, filme de Levi Magalhães, de 2014, e o clássico “Casablanca”.

 

Teatro: do curso à formação

 

Nesta quinta-feira (30) sexta-feira (31), às 16h e 19h, e no sábado (1/8) e domingo (2/8), às 16h e 19h, o Theatro José de Alencar recebe o espetáculo “Desprender-se”, montagem de conclusão do Curso Princípios Básicos de Teatro, turma manhã 2015. Dirigido por Juliana Veras, e texto resultado de criação coletiva com o elenco de alunos, a peça revela no corpo do ator, o cotidiano visto através de uma lente de aumento. Com a ideia de propor ao público uma reflexão a respeito do desgaste de si e das relações com o outro, o espetáculo mistura música, dança e teatro. Os ingressos estão à venda na bilheteria do Teatro José de Alencar, a R$10 (inteira) e 5 (meia).

 

A arte do improviso

 

O IV Campeonato Cearense de Improvisação, realizado pelo grupo teatral K’Os Coletivo, sobe ao palco do Teatro Morro do Ouro, no TJA, nesta sexta-feira (31) e sábado (1/8), às 19h e no domingo (2/8), às 17h. Participam desta edição os grupos: as Marias, Cia Viv’Arte, Improarte, Improvisação, Improviçando, T de Teatro, Pac-Man escocês. Vale a pena conferir.
Seca no Ceará é tema de exposições

 

O Arquivo Público e a Biblioteca Pública Espaço Estação, equipamentos da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, seguem com exposições sobre a Seca no Ceará.  Cada uma das mostras, traz um olhar sobre as secas de 1877, 1915, 1932  e, ainda, as secas da década de 70 no Estado.

 

Em cartaz até 20 de agosto, no Arquivo Público do Ceará, a exposição “Memórias das Secas em Documentos de Arquivo”, retrata através de documentos de época, o drama vivenciado nos períodos de estiagem, a migração de milhares de flagelados, a repercussão em cidades como Fortaleza e até a instalação de campos de concentração. A mostra inclui 30 documentos referentes às secas de 1877, 1915, 1932 que marcaram a história do Ceara. O Arquivo Público do Ceará fica na Rua Senador Alencar, 348, Centro), funcionando de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

 

O outro equipamento que traz exposição sobre o tema é a Biblioteca Pública do Estado Espaço Estação. Lá é possível conferir “100 Anos da Seca de 1915”, mostra composta por fotografias do Interior cearense, de autoria de Ricardo Schmitt. A Biblioteca segue aberta à visitação na Rua 24 de Maio, 60, Centro, ao lado da Praça da Estação), de segunda a sexta das 8h às 17h e aos sábados de 8h às 18h. Toda as exposições são gratuitas.

 

 

Últimos dias para conferir a Exposição Mostra da Gravura Brasileira

 

Em cartaz até 1º de agosto, sábado, no Sobrado Dr. José Lourenco, a mostra “Traços da Gravura Brasileira” reúne obras de artistas como Abraão Batista, Aldemir Martins, Babinski, Cícero Dias, Clóvis Graciano, J. Borges, José Lourenço, Mariza Viana, Marcelo Grassman, Rossino Perez, Regina Silveira, Stênio Diniz e Volpi chegam ao Sobrado Dr. José Lourenço. A ideia é trazer ao visitante obras pouco conhecidas destes 13 grandes nomes das artes visuais brasileiras, com trabalhos de grande beleza e significado. As gravuras possuem como inspiração o Brasil, a sua natureza, o seu povo e os seus problemas. Cada quadro apresenta-se em sua multiplicidade e beleza de formas e técnicas, incluindo xilogravura, água-forte e serigrafia.

 

A programação completa dos equipamentos da Secretaria da Cultura encontra-se no site: www.secult.ce.gov.br

 

 

 

30.07.2015

 

Assessoria de Comunicação da SecultDalwton Moura ou Clovis Holanda
secultmkt@gmail.com   / (85) 3101.6761     

          
 
Giselle Dutra
Gestora de Célula/Secretarias

 
Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado – Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br
(85) 3466.4898