Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural decide tombar o prédio do Colégio Cearense

19 de agosto de 2015

         Em reunião na manhã desta quarta-feira (19/07), o Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural (Coepa) decidiu, de forma unânime, pelo tombamento do prédio onde por décadas funcionou o Colégio Marista Cearense. Atualmente, o imóvel é sede de um dos campi da Faculdade Estácio FIC, proprietária do terreno. Para tomar a decisão, os conselheiros avaliaram os aspectos arquitetônicos, históricos e culturais que perpassam a história da edificação.

 

         Muito embora o prédio em questão já tenha sido tombado pelo Município, os conselheiros defenderam, em diversas manifestações, a importância do tombo também em nível estadual. O entendimento de todos os membros do Coepa é que o cuidado com o patrimônio deve ser feito de forma cooperativa entre as instâncias da federação, não havendo qualquer conflito de competência no caso.A partir de agora, conforme os trâmites do regimento do Conselho, é aberto o prazo de doze meses para que os conselheiros relatores deste processo apresentem um estudo a respeito da viabilidade do tombo. Até lá, o prédio permanece tombado pelo Estado, até que o processo seja concluído.

 

         A coordenadora de Patrimônio Histórico e Cultural da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, Carolina Ruoso, é uma das responsáveis pelo estudo e já adiantou na reunião que toda a instrução do processo de tombamento realizado pelo Município será acolhida pelo colegiado estadual, no intuito de que o trabalho avance para aspectos ainda não explorados, documentando e aprofundando a pesquisa em torno do prédio e o que ele representou e representa para os cearense.

 

         Além dos membros do Coepa, estiveram presentes ao encontro uma comissão da Faculdade Estácio FIC, dona do imóvel, representada pelos professores Clélia Monastério (coordenadora do curso de Arquitetura da faculdade), Andrine Oliveira Nunes (coordenadora do curso de direito do Centro Universitário Estácio do Ceará) e, ainda, o professor Ronaldo Rolim, do curso de Direito da mesma universidade.

 

         Antes dos conselheiros proferirem seus votos a respeito do pedido de tombamento do prédio, a representação dos docentes destacou o interesse do Grupo Estácio em preservar e contribuir com a manutenção e valorização de todo o conjunto arquitetônico compreendido naquele espaço. A instituição também reafirmou seu compromisso com a educação patrimonial de seus alunos e pretende, por meio de ações de extensão, reforçar nos processos multilaterais de requalificação do Centro Histórico de Fortaleza.  

 

 

LISTA DE PRESENÇA

 

Estiveram presentes à reunião do Coepa os seguintes conselheiros:

– Guilherme Sampaio (secretário da Cultura do Estado do Ceará)

– Carolina Ruoso (Coordenadora de Patrimônio Histórico e Cultural da Secult)

– Luciana Mendes Lobo (Secretaria do Turismo)

– Marley Cabral Coutinho (Procuradoria Geral do Estado)

– Socorro Brilhante (Procuradoria Geral de Justiça)

– Glauber Gomes de Oliveira (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura)

– Francisco Agileu Lima Gadelha (Universidade Estadual do Ceará)

– José Luís Lira (Universidade Estadual do Vale Acaraú)

– Márcia Miranda Sampaio (Instituto dos Arquitetos do Brasil)

– Vitor Melo Studart (Ordem dos Advogados do Brasil)

– Patrícia Gomes Bessa Bezerra (Câmara de Dirigentes Lojistas)

– Ramiro Teles Beserra (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional)

– Maria Margaret de paiva Bezerra (Secretaria de Desenvolvimento Econômico)

– José Liberal de Castro (Sociedade Civil)

 

 

NOVA VICE-PRESIDENTE

 

A arquiteta e urbanista Márcia Miranda Sampaio foi eleita vice-presidente do Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural (Coepa). Na função, ela vai auxiliar o secretário Guilherme Sampaio, presidente do colegiado, na condução das atividades do colegiado.

 

Márcia é integrante do Conselho Municipal de Patrimônio Histórico e Cultural, já atuou como arquiteta na Coordenação do Patrimônio Histórico e Cultural do Município, coordenou o Programa Monumenta, do Iphan, em Icó, e é diretora do escritório MLMS de arquitetura e design.      

 

 

19.08.2015

 

(85) 8699-6524 – Dalwton Moura
(85) 8829-8222 – Clovis Holanda
(85) 8848.4987 – Paula Candice
(85) 3101-6761 / secultmkt@gmail.com

 

Governo do Estado do Ceará
Coordenadoria de  Imprensa – Casa Civil

 

Giselle Dutra
Gestora de Célula/ Secretarias
Email: giselle.dutra@casacivil.ce.gov.br