Governo do Estado apresenta ações do ‘7 Cearás’ para alunos oficiais da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército

1 de setembro de 2015

O Governo do Estado apresentou, na manhã desta terça-feira (1º), suas principais propostas e ações aos alunos oficiais da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército Marechal Castello Branco (Eceme), no Palácio da Abolição, em Fortaleza. Na ocasião, o chefe de Gabinete do Governador, Élcio Batista, ressaltou o desenvolvimento do Estado contextualizando a história do Brasil e do Mundo.”Essa conversa é de extrema importância para que possamos difundir as ações do Governo do Estado. O mais importante é conversarmos com todos os setores do nosso País. O diálogo não se faz apenas com uma simples ação, mas é o que temos como marca da nossa gestão”, reforçou.

Os alunos da Eceme estão em visita ao Ceará, integrando uma série de viagens para estudos estratégicos em todo Brasil. A atividade tem por objetivos aplicar uma metodologia de estudo estratégico de área, identificando as potencialidades regionais, seus principais problemas estratégicos e analisar os reflexos na expressão militar. Desta forma, visam reforçar a importância da integração entre as forças singulares e também com as instituições civis.

RélciocoronelEm conversa, Élcio Batista citou os principais pontos de crescimento do Ceará, do Brasil e como esse desenvolvimento tem destaque em diversos setores do Estado. O painel permitiu conhecer as principais características e áreas de responsabilidade do Estado, além de seus contextos histórico e estratégico. Assim como a ascensão nos setores, foi também comentado o atual período de controle fiscal, escassez de recursos naturais (hídricos, vegetais e animais) e os impactos que geram para os cearenses. “Quando desenvolvemos as ações do programa “7 Cearás” foi pensado em um modelo para se trabalhar de forma intersetorial, trazendo todos os poderes, organizações e sociedade civil. Isso precisa ser mais que copiado. Isso precisa ser difundido. Queremos um desenvolvimento responsável, rentável e sustentável”, frisa o chefe do Gabinete do Governador.

RcelConforme o tenente-coronel Harisson Alcoforado, professor da Eceme, para se entender as ações de um Governo é preciso compreender também seus contextos. “Essa palestra é de extrema importância para que possamos conhecer a estrutura política do Ceará e o seu contexto no Nordeste. Desta forma, podemos compreender e até contribuir com o desenvolvimento do Estado. Por exemplo, temos as ações dos caminhões-pipa distribuídos em todo o Estado, a partir das necessidades demandas pela gestão estadual”, comentou o professor.

 

Viagem de Estudos Estratégicos da Eceme

No período de 26 de agosto a 4 setembro, as reuniões e palestras acontecerão simultaneamente nas áreas estratégicas da Amazônia Ocidental (Porto Velho, Manaus e Boa Vista), Amazônia Oriental (Belém, São Luís, Barreirinhas, Macapá), Nordeste (Salvador, Recife e Fortaleza), Centro-Oeste (Cuiabá, Campo Grande, Jardim, Antônio João, Ponta Porã e Dourados), Núcleo Central (São Paulo, Iperó, São José dos Campos, Belo Horizonte e Sete Lagoas) e Sul (Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba). Logo após, os grupos serão reunidos para se montar um grande mosaico de ações estratégicas realizadas nos estados brasileiros.

 

Fotos: Marcos Studart / Governo do Ceará

 

 

01.09.2015

 

Wilame Januário
Repórter/Célula de Reportagem

 

Ciro Câmara
Gestor de Células/Secretarias

 

Coordenadoria de ImprenGoverno do Estado do Ceará
Casa Civil / (85) 3466-4898