Governador e ministro da Saúde anunciam erradicação do sarampo no Ceará

24 de setembro de 2015

A transmissão do vírus do sarampo foi interrompida no Ceará. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 24 de setembro, em Brasília, pelo governador Camilo Santana e pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro. “Minha palavra é de agradecimento pela parceria com o Ministério e com os municípios. Hoje, para nós, é um dia de muita alegria por estarmos anunciando a erradicação do sarampo. Esse é um trabalho fruto dessa parceria. Muito obrigado a todos os profissionais de saúde do Ceará que tanto se empenharam para erradicar o sarampo”, ressaltou o governador do Ceará.

Acompanhado pelo secretário da Saúde do Estado, Henrique Javi, e a secretária de Saúde de Fortaleza, Socorro Martins, Camilo enfatizou: “Temos de estar sempre unidos, as entidades de classe que trabalham na saúde, para garantir mais qualidade na saúde brasileira”.

Para o ministro Arthur Chioro, o Ceará conseguiu atingir o objetivo graças a “um conjunto de iniciativas fundamentais”. “O governador chamou pessoalmente para ele a responsabilidade de coordenar esse trabalho contra o sarampo. Fez uma grande mobilização em Fortaleza e conclamou uma união do estado do Ceará. Essa mobilização foi decisiva para chegarmos a esse momento de hoje”, reforçou o ministro da Saúde.

Surto de sarampo
De acordo com o boletim epidemiológico conjunto do Ministério da Saúde e da Secretaria da Saúde do Estado, foram confirmados durante o surto 916 casos da doença em 38 municípios do Ceará, de 25 de dezembro de 2013 a 12 de setembro de 2015: um caso em 2013, 747 em 2014 e 168 este ano.

R Camilo BSB.1Do início do surto até a ocorrência do último caso confirmado, em 6 de julho deste ano, foram registrados casos de sarampo de forma ininterrupta. A partir dessa data, nenhum caso mais foi confirmado, completando 10 semanas sem casos de sarampo.

Logo no início, o Ceará adotou estratégias de vacinação para imunizar a população, controlar e interromper o surto de sarampo. Destacam-se a vacinação em Fortaleza e nos municípios da Região Metropolitana. Em fevereiro de 2014, foi iniciada a campanha nos 184 municípios do Estado: a vacinação da população de risco, reorientação e sistematização das ações de bloqueio e varredura.

Entre março e junho de 2015, realizou-se a intensificação vacinal na população de 5 a 29 anos nos municípios de Fortaleza, Caucaia e Itaitinga. O município de Paracuru realizou a intensificação da vacinação na população de 5 a 39 anos. Os municípios de Caucaia, Fortaleza, Itaitinga e Paracuru intensificaram a vacinação contra o sarampo até o dia 20 de agosto deste ano.

Casa a casa
Para buscar a população suscetível, sem antecedente vacinal, Caucaia e Fortaleza realizaram a vacinação casa a casa em toda a área da unidade de saúde de referência, iniciando pela rua de residência do caso confirmado ou suspeito de sarampo em até 30 dias anteriores e em áreas de baixa cobertura vacinal.

Desde março, quando iniciou a intensificação da vacinação contra o sarampo, o município de Caucaia recebeuR Camilo BSB.3 o apoio técnico e logístico da Secretaria da Saúde do Estado, e, do dia 8 de junho a 4 de julho de 2015, contou com o apoio de 64 vacinadores e frota de veículos e motoristas da Sesa, realizando a vacinação casa a casa nos conjuntos e bairros que confirmaram casos de sarampo ou apresentam casos suspeitos em investigação.

Com o apoio do Ministério da Saúde e da Organização Pan-americana de Saúde (OPAS), a Sesa realizou uma segunda varredura no período de 27 de julho a 22 de agosto, a fim de interromper a transmissão do vírus do sarampo nos municípios de Caucaia e Fortaleza, com 71 vacinadores nos dois municípios.

24.09.2015

Assessoria de Comunicação da Secretaria da Saúde do Ceará
Selma Oliveira – (85) 3101.5220 ou 987.338.213
www.saude.ce.gov.br
www.facebook.com/SaudeCeara


Thiago Cafardo
Porta-voz / Governador

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br/ (85) 3466.4898