Comércio exterior: Ceará pode receber entrepostos alfandegados

15 de outubro de 2015

A diretora comercial da Cearáportos, Rebeca Oliveira, acompanhada do presidente do Conselho Internacional do Corin/Fiec, Marcos Veríssimo; presidente da Zona de Processo e Exportação – ZPE, Mário Lima;  superintendente do Sesi/ Fiec, Cesar Ribeiro; visitaram o Complexo Industrial Portuário de Pernambuco, em Suape. A comitiva cearense realizou uma visita técnica ao complexo, para avaliar a possibilidade da criação de entrepostos alfandegados no Ceará.

 

O regime de entreposto aduaneiro é o que permite, na importação e na exportação, o depósito de mercadoria, em local determinado, com suspensão do pagamento de tributos e sob controle fiscal. De acordo com Rebeca, o estudo realizado pelo Corin e pela Fiec para a possível criação da área alfandegada é importante para as movimentações de cargas que acontecem no Pecém, sendo mais  uma possibilidade de armazenagem e preço para os clientes. “Caso seja realmente criado, este será mais um atrativo para que mais pessoas queiram investir no Estado”, declarou a diretora.

 

A visita ao complexo de Pernambuco é uma das ações que estão sendo realizadas pelo Corin, que envolvem todos os  todos os atores do estado que atuam na área do comércio exterior do Ceará. Desde o começo do ano, os representantes da Cearáportos participam de reuniões periódicas com o Corin, Fiec, ZPE – Ceará para discutir alternativas para o desenvolvimento do Estado.

 

 

15.10.2015

 

Luiza Dantas
Assessora da Imprensa da Cearáportos
85 98892.1883 | 3267.1256
luiza.dantas@cearaportos.ce.gov.br

 

Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias

 

Coordenadoria de Imprensa da Casa Civil
Governo do Estado Ceará
(85) 3466.4898