Artur Bruno apresenta iniciativas do Governo para o Meio Ambiente

27 de novembro de 2015

O secretário do Meio Ambiente, Artur Bruno, representando o governador do estado Camilo Santana falou na abertura do Seminário Economia Verde realizado durante a manhã desta sexta-feira (28), no auditório da FIEC, uma promoção do jornal Diário do Nordeste. Bruno saudou o Sistema Verdes Mares e todas as instituições que se uniram para a realização do encontro. “Temos que dar sequência a esses debates para que a gente possa, efetivamente, ter uma economia verde no Ceará como outros estados já avançaram muito nesta política”, colocou.

Em seu discurso rápido, Artur Bruno apresentou, em primeira mão, as iniciativas do governador Camilo Santana que visam preservar o meio ambiente e, ao mesmo tempo, impulsionar a economia do estado do Ceará. Bruno citou a aprovação da redução do ICMS, na Assembleia Legislativa, para a cadeia da reciclagem, de 17% para 7%. A segunda iniciativa, segundo o secretário do Meio Ambiente, foi a criação do Selo Produto Verde.

“Esse decreto do Selo Produto Verde já se encontra na mesa do governador, e nos próximos dias ele assinará esse decreto, e com certeza convidará todos vocês, o SindVerde, os empresários, os catadores, enfim, todos aqueles que estão na cadeia re reciclagem”, colocou Artur Bruno.

O secretário também falou sobre a preparação do Balcão de Negócios da Reciclagem, que terá apoio com recursos do Banco Mundial. O principal objetivo do Balcão, é dar oportunidades a todos os cearenses. “Eu aprendi que não existe lixo, e aprendi com o professor Gradvohl que não existe lixo, o que existe é resíduo sólido reciclável ou rejeito. O que nós temos que colocar no aterro é o rejeito, o restante gera emprego, gera renda”, observou.

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

Sobre os planos de manejo sustentáveis para a agricultura familiar, Artur Bruno lembrou dos benefícios que as florestas podem trazer para a economia, como por exemplo a eficiência energética, com florestamento ou reflorestamento. “Nós já estamos trabalhando com agricultores familiares no Baixo Jaguaribe, e já conseguimos o apoio da FIEC mais eficiência energética nas cerâmicas do Baixo Jaguaribe. Então, é uma boa oportunidade para a geração de emprego e renda, sobretudo para a agricultura familiar”, afirmou.

Ao encerrar, o secretário parabenizou a iniciativa de organização do Seminário Economia Verde pelo Diário do Nordeste, afirmando que veio em bom momento. “A nossa expectativa é que daqui a gente tenha frutos e possamos construir parcerias com os empresários, com as associações de catadores, enfim com todos aqueles que acreditam, efetivamente, na economia verde”, pontuou. Bruno concluiu o seu discurso com um pensamento da sabedoria africana: “Se quiseres chegar rápido, ande só; se quiseres chegar longe, ande acompanhado. Eu quero estar acompanhado com vocês, para a gente possa desenvolver, cada vez mais, a economia verde do estado do Ceará”.

27.11.2015

Elizabeth Rebouças/Marconi Alves
Secretaria do Meio Ambiente – Sema
Assessoria de Comunicação
3101-1235