Comunidade escolar se mobiliza para o Dia Nacional da Base Comum Curricular

1 de dezembro de 2015

Gestores da educação, professores, estudantes, pais e toda a sociedade civil participarão amanhã, dia 2 de dezembro, do Dia da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). A mobilização deseja provocar a discussão do documento preliminar disponibilizado pelo Ministério da Educação (MEC) que dita todo o conteúdo que deverá ser estudado pelos nossos jovens na escola.

A BNCC está prevista no Plano Nacional de Educação e determinará os conhecimentos e as habilidades essenciais que todos os alunos brasileiros têm o direito de aprender, em cada ano da Educação Básica. Desta forma, os aprendizados de um estudante da zona rural do Ceará deverão ser os mesmos de um aluno em qualquer outra parte do país.

O Dia da Base Nacional Comum Curricular representa um momento histórico na educação brasileira, pois toda a sociedade pode se manifestar sobre o documento de forma individual ou por meio de organizações representativas. As sugestões são acolhidas por meio do portal basenacionalcomum.mec.gov.br.

Na quarta-feira (2), todas as escolas da Rede Estadual de ensino estarão mobilizando rodas de conversa com a comunidade escolar, convidando pais, alunos, professores e demais atores da sociedade a opinar sobre o documento orientador disponibilizado pelo MEC.

A versão preliminar está dividida por áreas do conhecimento: ciências humanas, ciências da natureza, matemática e linguagens. Dentro das áreas, além dos objetivos gerais, estão especificados os direitos de aprendizagem, divididos por ano de escolaridade e por disciplina dos Ensinos Fundamental e Médio.

Na Educação Infantil (creche e pré-escola), a proposta é diferente. As quatro áreas do conhecimento apresentam campos de experiências nos quais os saberes das crianças podem ser trabalhados. São eles: o eu, o outro e o nós; corpo, gestos e movimentos; escuta, fala, pensamento e imaginação; traços, sons, cores e imagens; e, por fim, espaços, tempos, quantidades, relações e transformações.

O documento também aborda conhecimentos interdisciplinares e temas transversais que perpassam as quatro áreas do conhecimento. Eles contemplam a dimensão cognitiva e relacionam-se à formação do jovem para sua vivência em sociedade. Dentre eles, destaca-se o consumo, educação financeira, ética, direitos humanos, cidadania, sustentabilidade, tecnologias digitais e culturas africanas e indígenas.

No Ceará, a mobilização em torno dessa discussão vem sendo feita pelo Comitê Estadual de Mobilização Pela Base, que tem como integrantes a Secretatria da Educação do Estado, Undime, Aprece, Fórum Estadual de Educação, Fórum Estadual de Educação Infantil, Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, Sindicato das Escolas Privadas, Conselho Estadual de Educação, Fórum Pibid, Uncme, dentre outras instituições.

Em Fortaleza, Encontro Nacional sobre Educação Infantil debaterá a BNCC

A Universidade do Parlamento (Unipace) acolherá, nos dias 2 e 3 de dezembro, o XXXI Encontro Nacional de Educação Infantil, organizado pelo Movimento Interfóruns de Educação Infantil do Brasil. Na quinta-feira (03), às 8h, o evento promoverá uma mesa sobre os princípios e fundamentos da Base Nacional na Educação Infantil, tendo como palestrantes convidados Maria Carmem Barbosa (UFRGS), Silvia Cruz (UFPE), Paulo Fochi (UFRGS) e Zilma Moraes (USP).

O evento abordará também outros temas relevantes, como: políticas de financiamento da educação; desafios para implementação do Plano Nacional de Educação; e expressão, linguagens, cuidado e autonomia na educação de bebês e crianças pequenas. Os interessados em participar podem inscrever-se no local. Para mais informações, entre em contato através do e-mail feic2010@hotmail.com.br ou pelos telefones (85) 4006-4020.

01.12.2015

Caroline Avendaño
Assessora de Imprensa da Secretaria da Educação
85 3101.3972 | 98893.6983
caroline.avendano@seduc.ce.gov.br

Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil / 85 3466.4898