Comitê estadual convoca entidades a se engajarem no combate ao Aedes aegypti

15 de Janeiro de 2016

O Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à dengue, chikungunya e zika recebeu representantes da sociedade civil organizada e entidades de classe nesta sexta-feira (15), no Palácio da Abolição, para convidá-los a reforçar a batalha contra o Aedes aegypti. “O processo de adoecimento pode levar à morte e não é o sistema de saúde sozinho que vai conseguir evitar isso. Não adianta ficar sonhando com um milagre. Se não nos unirmos nesse combate, não adianta. Com um plano podemos resolver isso, não é preciso de grande tecnologia, mas é preciso que oito milhões de cearenses tenham essa consciência. Se não, a situação vai ficar ARI7260 bem séria”, reforçou o secretário da Saúde, Henrique Javi, ao abrir a reunião, cujo objetivo era sensibilizar setores organizados a abraçarem a causa.

Presente na reunião, Tati Andrade, especialista em programas do Fundo das Nações Unidades para a Infância (Unicef), falou que o trabalho precisa ser feito por todos para evitar não apenas as doenças, mas as sequelas que podem deixar para adultos e, principalmente, crianças e bebês ainda em formação. “O cidadão comum tem que assumir a responsabilidade de cuidar da sua casa, do seu trabalho, do seu entorno, para eliminar qualquer criadouro de mosquitos. Além da dengue, chikungunya, virose, nós temos a situação da microcefalia, crianças que podem ter comprometimento neurológico e ter sequelas para a vida inteira É responsabilidade fazer a nossa parte”, avaliou.

 ARI7240Durante a apresentação para o público específico, o coordenador do Comitê, Moacir Tavares, explicou o trabalho intensivo das brigadas junto à sociedade no trabalho de prevenção das doenças. “Por que vocês estão aqui? Não é preciso ser biólogo para compreender esse problema. Antes, falava-se muito de vacina contra a dengue que esquecemos de nos preocupar com o próprio mosquito. O desafio de hoje é um desafio secular, e o governador Camilo Santana compreendeu que é impossível o poder público resolver isso sozinho. A ideia é saber como cada entidade, cada projeto cuida do seu espaço, como podem estimular a prevenção através de emails. Já perdemos a conta de quantas brigadas foram capacitadas. O trabalho de mobilização está sendo feito”, disse.

Ernesto Cruz, da Central Única dos Trabalhadores (CUT), frisou que já começou o trabalho, divulgando com todas as entidades filiadas. “No estado todo, temos mais de 300 sindicatos filiados e essa campanha está sendo feita junto com eles, direto com a base. É um grande número de trabalhadores que estão dentro da organização da CUT para que o combate seja feito de maneira efetiva para eliminarmos esse mosquito e todas as doenças trazidas por ele”, disse.

 ARI7214Henrique Javi destacou o conhecimento como grande ferramenta de mobilização no enfrentamento ao Aedes aegypti. “Nada como a gente saber de verdade do que se trata. O bom seria se o homem tivesse o mesmo fulgor em sobreviver do que esse mosquito dentro da sua cadeia. E esse é o pesadelo. Temos que ter cuidados tanto individualmente como coletivamente para combater os agravos”, disse, acrescentando que o desafio é evitar o nascimento do inseto.

O encontro reuniu mais de 80 representantes de entidades, entre elas, a Fundação Oswaldo Cruz, o Fundo das Nações Unidades para a Infância (Unicef),Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL), Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Ceará (SINEPE), Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems­CE), Conselho Estadual de Saúde (Cesau), Conselho Regional de Odontologia, Defesa Civil, associações, universidades, igrejas, conselhos profissionais.

 ARI7254Balanço
O Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à Dengue tem a finalidade de propor, articular, coordenar e avaliar iniciativas de controle do Aedes aegypti. Formado por gestores e técnicos de diversas secretarias e órgãos, o Comitê já se reuniu quatro vezes. Foram realizados dois grandes eventos, em Fortaleza, quando o houve o lançamento, no dia 21 de dezembro, e em Sobral, no dia 7 de janeiro, com a participação dos prefeitos dos 55 municípios da macrorregião Norte e demais setores envolvidos.

Decreto do governador Camilo Santana criou as brigadas para combater o mosquito a partir dos próprios órgãos públicos. Além de brigadas internas, os integrantes do comitê realizaram ações e conscientização nas secretarias para os servidores. Todos os prédios da rede pública do Governo do Estado estão sendo inspecionados pelo menos uma vez por semana para o combate ao Aedes aegypti. Só na educação, são 110 escolas profissionais que receberão a inspeção das brigadas.

No final de dezembro, o governador Camilo Santana e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, juntaram­-se aos 730 profissionais e reforçaram a inspeção e prevenção ao mosquito no bairro José Walter, na capital. Cerca de 10 mil moradias participaram do mutirão contra o mosquito Aedes aegypti. Na ocasião, também foram iniciadas as ações em mil residências do bairro Meireles.

Plano Estadual de Enfrentamento
Conforme anunciou o governador Camilo Santana no lançamento do Plano, quatro mil agentes de endemias e 18 mil agentes de saúde em todo o estado estão intensificando as ações de visita casa a casa para o combate ao Aedes aegypti. Três toneladas de larvicida, já distribuídas aos 184 municípios, estão sendo utilizadas na eliminação dos focos de infestação domésticos. O Governo do Estado garantiu 250 pulverizadores portáteis para aspersão de inseticida e 33 carros fumacê no combate ao mosquito. Estão disponíveis 1.366 litros de inseticida e 25 mil litros de óleo de soja (solvente), suficientes para pulverizar 17 mil quarteirões.

15.01.2016

Thiago Sampaio
Repórter / Célula de Reportagem

Fotos: Ariel Gomes / Governo do Ceará

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / Helga Rackel (selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

Giselle Dutra
Gestora de Célula / Secretarias

Coordenadoria de imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898