Arce fiscaliza usinas eólicas de Aracati

25 de fevereiro de 2016

A Coordenadoria de Energia da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce) divulga as conclusões obtidas durante fiscalização das obras das usinas do complexo eólico Energia dos Ventos, que compreende as geradoras Ventos de Horizonte, Santa Catarina, Goiabeira e Ubatuba. O coordenador do setor, Eugênio Bittencourt, e o analista de regulação, Dickson de Araújo, visitaram as usinas na última quinta-feira (18), na cidade de Aracati, distante 150 quilômetros de Fortaleza e constataram que as obras estão em processo de conclusão de torres e geradores.

O prazo para conclusão das obras é março de 2016. Em decorrência desse prazo, as empresas já solicitaram à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a declaração de que estão “aptas a operar”, autorização concedida quando as obras estão próximas da conclusão, mas que ainda não possuem “conexão ao sistema”.

“Enquanto a empresa conclui suas responsabilidades, elas aguardam a disponibilização da conexão do sistema interligado. Neste caso, a declaração de aptidão garante o recebimento dos valores do contrato para a empresa, mas não vai gerar energia, por falta da conexão”, explica o analista Dickson de Araújo. Mas, ainda de acordo com Dickson, “essa conexão será feita na subestação Russas II e não mais em Aracati II, como previsto, devido ao atraso na realização de obras de subestação, condição necessária para a distribuição da energia que será produzida”. Além dessas usinas, a eólica de Pitombeira, pertencente ao mesmo complexo, já havia solicitado essa mesma conexão, tendo sido fiscalizada em 21 de dezembro de 2015.

Os resultados das fiscalizações apresentam a análise de dados e estratégias definidas pelos agentes para comprovar a factibilidade do cronograma e o término das obras, de acordo com o previsto e definido nas outorgas das usinas. As ações têm como foco acompanhar a evolução das obras e verificar se as mesmas avançam em conformidade com o cronograma firmado junto à Aneel, analisando, ainda, as licenças ambientais, a comercialização de energia e a situação fundiária.

A Arce ressalta o compromisso de estimular e acompanhar a modernização dos métodos de produção e distribuição, com intuito em garantir expansão, melhorias e a diversificação dos serviços prestados. Conforme informado pelo técnico Dickson de Araújo, “a Agência está se programando para iniciar outras fiscalizações na primeira quinzena do mês de março”.

25.02.2016

Assessoria de Comunicação da Arce
Angélica Martins / 85 3101.1020 / 3101.1030

Ciro Câmara
Gestor de Célula / Secretarias
ciro.camara@casacivil.ce.gov.br

Coordenadoria de imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br     / 85 3466.4898